O MELHOR JORNAL DA REGIÃO!

ASSINE (38) 3821-3247 E 9113-0163

O MELHOR JORNAL DA REGIÃO! O MELHOR JORNAL DA REGIÃO!

O MELHOR PARA SEU FILHO (A)

(38) 3821-1089 - Janaúba

O MELHOR PARA SEU FILHO (A) O MELHOR PARA SEU FILHO (A)
Situação é crítica na barragem, Bico da Pedra
30 de agosto de 2015
Leia mais...JANAÚBA (Oliveira Júnior) -- Meio metro de água a menos no mês de agosto. Isso é o que ocorre com o nível da barragem do Bico da Pedra, em Janaúba, que nessa quarta-feira, dia 26, atingiu o ponto crítico quando não se tem mais condições da água seguir para o rio Gorutuba por gravidade. São 13,8 metros abaixo do transbordamento uma das situações mais críticas desde quando a represa entrou em funcionamento entre 1978/79. No ano de 2013, o nível de água na barragem do Bico da Pedra ficou 14,15 metros abaixo do transbordamento. Só para ter uma idéia da redução, nessa quarta-feira o volume na represa gorutubana estava 4,30 metros mais baixo em relação a 26 de agosto do ano passado.
 
O gerente executivo do Distrito de Irrigação do Gorutuba (DIG), Ricardo Carrero, explana sobre essa expressão um tanto dita. O DIG coordena a distribuição de água da barragem do Bico da Pedra para a irrigação no projeto Gorutuba, na margem direita do rio de mesmo nome, em Nova Porteirinha. “O volume morto da barragem Bico da Pedra está na cota 535,00, a partir dessa cota, somente para consumo humano”, cita Ricardo. Nessa quarta-feira, 26 de agosto, a cota era 539,20, ou seja, 4,20 metros acima do “morto”. Dessa feita, a cota 535,00 é a que oficialmente representa a cota do “volume morto”, ou seja, é a cota que todas as captações, com exceção da Copasa (abastecimento para a população), são interrompidas por completo de forma a garantir a segurança do abastecimento humano.

Leia mais...
 
Centro de menores infratores será licitado em novembro
30 de agosto de 2015
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A construção e instalação do centro de ressocialização de menores em Janaúba poderá ser efetivada, enfim, no primeiro semestre do ano que vem. Pelo menos é o que ficou decidido na reunião entre a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e a comitiva de representantes de segmentos sociais deste município na semana passada. Aliás, esse encontro foi anunciado com exclusividade pelo JORNAL DA SERRA GERAL na edição do dia 6 de junho após reunião promovida pela Associação Comercial e Empresarial de Janaúba (Acijan) para conter a criminalidade.
 
O presidente da Acijan, William Sérgio Cardoso, juntamente com o vice-prefeito Rodrigo Rodrigues e o presidente da Câmara de Vereadores, Sérgio Coelho, estiveram na Secretaria de Defesa Social, onde os tesoureiros da Acijan, Moacir Mendes e Adauri Cordeiro, que é vereador, também se fizeram presentes, o mesmo acontecendo com o chefe de Gabinete da prefeitura, Paulo Nunes.
 
A comitiva janaubense foi recebida pelo secretário estadual adjunto de Defesa Social, Rodrigo Melo Teixeira, ocasião em que foi apresentado o novo planejamento para a implantação do centro de ressocialização de menores. Com orçamento estimado em R$ 15 milhões, o projeto do centro foi ampliado e será erguido numa área de 44 mil metros quadrados (quase 4 hectares e meio), já adquirida pelo governo. A licitação dessa obra é prevista para o mês de novembro próximo e o início da obra ser o mais rápido possível.
 
Além da Acijan, prefeitura e o Legislativo, a campanha tem o apoio de diversos segmentos da comunidade, como o Lions Clube de Janaúba e os dois Rotarys, Maçonaria, Polícias Militar e Civil, Consep (Conselho de Segurança Pública), membros da entidade, entre outros.
 
Touro Nelore da Colonial de Janaúba bate recorde nacional
30 de agosto de 2015
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A pecuária do Norte de Minas, mais especificamente de Janaúba, se destacou na 8ª Expogenética realizada na semana passada em Uberaba-MG e que mobilizou criadores de vários estados brasileiros que acompanharam os debates sobre a relação da genética com a economia e a sustentabilidade na pecuária. A sensação de exposição nacional foi o touro Jhelum COL de 4 anos e meio pesando 1.140 kg comercializado no 9º Leilão Touros Melhoradores Colonial por R$ 192 mil reais.
 
De propriedade da Colonial Agropecuária, de Janaúba, que possuía 50% do animal, o touro Jhelum Col foi adquirido pelo criador Paulo Antônio Serra da Cruz, do Mato Grosso Sul. Os outros 50% do touro pertenciam ao criador Huarrisson Antunes Cangussu, o Bionicão, vice-presidente do Sindicato Rural de Janaúba, que havia comprado metade de Jhelum quando este ainda era bezerro com pouco mais de um ano.
 
Arrematado por R$ 192 mil, o touro Jhelum Col se encontra em Uberaba, na Altagenética, a maior central de inseminação artificial da América Latina. Na 8ª Expogenética (Exposição Nacional de Melhoramento Genético das Raças de Gado Zebuíno), a Colonial Agropecuária negociou 349 animais e quase duas mil doses de sêmen de seus principais touros de central.
 
O diretor da Colonial Agropecuária, José Aparecido Mendes, ressalta a valorização do rebanho da empresa janaubense com crescimento de 111% em relação ao ano passado. Na 8ª Expogenética foram comercializados 1.393 animais, sendo 349 da Colonial e recorde de participação no evento. A empresa que tem 45 anos de existência e com sede em Janaúba negociou na Expogenética 1.710 doses de sêmen dos seus touros e com faturamento recorde de mais de R$ 3 milhões. A Colonial Agropecuária participa desde a primeira Expogenética que é realização pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>