Terror dos políticos nas redes sociais dá entrevista ao JORNAL DA SERRA GERAL PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
04 de abril de 2015
JANAÚBA (Por Fernando Lucas) -- Muita gente, principalmente os que se enveredam pelas redes sociais em Janaúba e região da Serra Geral de Minas se perguntam e até nos questionam sobre o que leva uma pessoa a fazer tantas denúncias. Qual seria sua motivação e seu interesse, se é que tem, por detrás disso. Diante de tantos questionamentos e visando aguçar a curiosidade das pessoas, o JORNAL DA SERRA GERAL, com a sua costumeira exclusividade e arrôjo, foi a campo e entrevistou ele. O cara do Facebook que denuncia tudo e todos que, no seu entender, estariam agindo errado no setor público.
 
HUDSON ROBERTO DE ANDRADE, que responde pelo apelido de Hud Jeová Tsidkenú, nas redes sociais. Natural de Belo Horizonte, ele é caso e pai de um filho. Está no curso de Bacharelado em Direito e e tecnólogo em negócios jurídicos e notariais. Porém sua profissão é coordenador de pesquisas de opinião pública e marketing e jornalista investigativo (RE 511.961/STF).
 
O JORNAL DA SERRA GERAL nessa edição, demonstra que é um jornal democrático, publicando na íntegra toda a entrevista, solicitando apenas que o entrevistado não usasse de palavras de cunho pejorativo ao se referir aos políticos como é de costume observarmos nas redes sociais, onde ataca, impiedosamente diversos políticos de Janaúba e região. Confira, na íntegra, a entrevista concedida à nossa reportagem com exclusividade no JORNAL IMPRESSO já nas bancas.
 
 
Centro Viva Vida será apenas para Janaúba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
05 de janeiro de 2015

JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Pelo que está demonstrado, o governo estadual simplesmente parece ter virado as costas para Janaúba e região da Serra Geral de Minas neste final de ano, por coincidência, dias após o candidato apoiado pelo atual governo perder as eleições.

Menos de um mês após a agência do Sine paralisar as atividades em Janaúba por falta de comprometimento do governo estadual em custear a unidade – a prefeitura era quem pagava o aluguel, gastos operacionais e mantinha por conta própria 10 dos 11 funcionários – diante da aposentadoria da servidora do Estado, o governo mineiro vem deixando a Saúde local à mingua.

Inaugurado em 20 de setembro de 2007, ou seja, há sete anos, o Centro Viva Vida “Dom José Mauro Pereira Bastos”, de referência secundária em Janaúba, enfrenta dificuldades e se encontra em plena atividade até então devido ao comprometimento por parte da prefeitura de Janaúba em bancar, por conta própria, o centro com atendimento à população de Janaúba e dos demais municípios da região da Serra Geral de Minas, ressaltando que isso é uma atribuição do governo do Estado. Segundo informações da prefeitura de Janaúba, o governo estadual não cumpre o seu compromisso e, com isso, não efetua o repasse do recurso para o Centro Viva Vida há pelo menos oito meses, o correspondente a quase R$ 1 milhão.

Diante dessa situação, a prefeitura de Janaúba decidiu que a partir deste dia 05 de janeiro de 2015, o atendimento nesse Centro será apenas para a população de Janaúba. “Mantivemos os serviços até a presente data com a devida precaução e preocupação com a população Janaubense e da região da Serra Geral”, menciona o prefeito de Janaúba, Yuji Yamada, e a secretária municipal de Saúde, Lara Jamille Silveira Silva, em nota encaminhada ao JORNAL DA SERRA GERAL. Lara Jamille informa que até o dia 5 de janeiro o atendimento na unidade está suspenso.

Esse procedimento, esclarece a secretária, foi previamente estabelecido com a equipe do Centro Viva Vida em decorrência do recesso no setor. O Centro Viva Vida de Janaúba foi inaugurado durante a administração do prefeito Ivonei Abade Brito e do governador Aécio Neves. No dia da inauguração, sete anos atrás, em entrevista ao JORNAL DA SERRA GERAL, o então secretário de Estado da Saúde, Marcus Pestana, teria dito que o Centro Viva Vida é um avanço na parceria entre a prefeitura janaubense e o governo do Estado, principalmente numa área essencial, que é o combate à mortalidade infantil.

Sempre destacando o investimento de cerca de R$ 1,6 milhão, investidos na obra e na aquisição dos equipamentos, o secretário ainda deixou claro que seriam disponibilizados, mensalmente, R$ 150 mil para o custeio mensal da unidade janaubense. É de competência do governo do Estado o repasse ao Centro Viva Vida de Janaúba a importância de aproximadamente R$ 430 mil por quadrimestre, média de pouco mais de R$ 100 mil por mês. Mas, há dois quadrimestres que o Estado não libera o dinheiro, mais de R$ 800 mil.

 
Deputado estadual Luiz Henrique não consegue reeleição PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
06 de outubro de 2014


JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Atual deputado estadual majoritário em Janaúba, o odontólogo Luiz Henrique Maia Santiago (PSDB) não conseguiu a reeleição neste domingo, dia 5 de outubro. Em primeiro mandato, tendo sucedido a esposa Elbe Brandão (PMDB), que em 2010 decidiu não candidatar à reeleição e apoiou o marido, Luiz Henrique passará a ser o 8º suplente da coligação “A Voz de Minas”, que, a partir de fevereiro de 2015, será a oposição ao novo governo estadual.
 
Além de Luiz Henrique, a bancada do Norte de Minas não conseguiu eleger a suplente de deputada estadual e ex-deputada Ana Maria Resende (PSDB), que novamente será suplente. Hoje era ficou na 9ª suplência da coligação “A Voz de Minas”.
 
Os outros cinco deputados estaduais da bancada do Norte de Minas conseguiram a reeleição: Paulo Guedes (PT) e Tadeuzinho (PMDB), ambos hoje na oposição e, no ano que vem, passarão a ser situação. Também foram reeleitos Gil Pereira (PP), Arlen Santiago (PTB) e Carlos Pimenta (PDT) que são da situação e, a partir de fevereiro, deverão ir para a oposição.
 
Lara Jamille continua secretária de Saúde em Janaúba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
05 de outubro de 2014

JANAÚBA (por Fernando Lucas) – Após ter anunciado, mês passado, que deixaria a Secretaria de Saúde de Janaúba, a enfermeira Lara Jamille, em entrevista exclusiva ao JORNAL DA SERRA GERAL confirmou, esta semana, com a costumeira exclusividade, que continuará comandando a pasta. Assim como Lara, toda sua equipe permanecerá à frente daquela importante pasta.

De acordo com a secretária, motivos pessoais teriam levado ela a tomar a decisão de sair da Secretaria, porém, se prontificou a permanecer no cargo até que se encontrasse outro nome para substituí-la. Neste interim, porém, o prefeito Yuji Yamada a convenceu a ficar.

Também em entrevista exclusiva ao jornalista Fernando Lucas, na tarde desta quinta-feira, dia 2 de outubro, o prefeito de Janaúba disse ao JORNAL DA SERRA GERAL que pediu para que Lara ficasse devido à sua atuação frente ao cargo.

“Não poderíamos abrir mão da competência de Lara na Secretaria de Saúde. Sua responsabilidade e seu conhecimento para ocupar tal função é muito importante para nossa administração e para a população como um todo. Por isso fizemos esforços para convencê-la a ficar”, disse o prefeito Yuji, em seu gabinete na tarde de quinta-feira, dia 2.

O chefe do Executivo janaubense ainda informou que está enveredando esforços junto aos governos federal e estadual em busca de mais recursos para o Hospital Regional, como forma de manter o bom andamento do setor de saúde do município.

OBRAS -- Já, no caso da Secretaria de Obras não teve jeito. O titular Renaldo Arlen Carvalho deixou mesmo a pasta que passa a ser comandada, interinamente por Domingos Pereira, o Duzin, assessor especial do prefeito Yuji. Em contato com Duzin, o JORNAL DA SERRA GERAL ouviu do mesmo que aceitou o desafio para ajudar a administração e o prefeito Yuji, mas que um novo nome está sendo avaliado para assumir definitivamente aquela Secretaria.

 
Zé Aparecido é reeleito na presidência da Aspronorte PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
24 de agosto de 2014

Leia mais...JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O líder rural José Aparecido Mendes Santos foi reeleito por unanimidade na presidência da Associação dos Sindicatos dos Produtores Rurais do Norte de Minas e do Jequitinhonha (Aspronorte) para o triênio 2014/2017 durante assembleia da entidade realizada na cidade de Jequitinhonha, no dia 8 de agosto, ocasião em que prestou o relatório de atividades desempenhadas pela Aspronorte na gestão de 2011 a 2014.

Convidado pelos colegas da associação a continuar na liderança da entidade, José Aparecido Mendes, que é presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba, se dispôs a representar a Aspronorte para mais um mandato que foi confirmado por aclamação. A Aspronorte agrega 40 sindicatos rurais, sendo 20 no Norte de Minas e 20 no Jequitinhonha, representando 33.820 produtores rurais. “Estamos unidos com a finalidade em fortalecer a classe produtora rural na busca de alternativas e reivindicações para melhores condições na realização das atividades rurais”, citou Zé Aparecido.

NOVA DIRETORIA DA ASPRONORTE: Presidente: José Aparecido Mendes Santos, de Janaúba; Vice-Presidente: Eduardo Araújo Filho, de Pedra Azul; Diretor 1º Secretário: José Otoni Alves Campos, de Araçuaí; Diretor 2º Secretário: Ricardo Quadros Laughton, de Montes Claros; Diretor 1º Tesoureiro: Mário Caldeira Brant, de Bocaiúva; Diretor 2º Tesoureiro: Hérua José Amin Lauar, de Itinga;

CONSELHO FISCAL: Membro Efetivo: Pedro Veloso Neto, de Ubaí; Membro Efetivo: Antônio Jeferson Soares Gonçalves, de Jacinto; Membro Efetivo: Genilson Moreira, de Rubim; Suplente: Geraldo Afonso Ladeia, de Salinas; Suplente: Santos Tinum dos Santos, de Jequitinhonha; Suplente: Jésus Maria Ribeiro, de Jaíba.

Leia mais...
 
Kaiowa repassa frigorífico de Janaúba para o grupo Minerva PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
06 de maio de 2014
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Agora sim! O grupo Minerva tomou posse na última terça-feira, dia 29 de abril, do frigorífico de Janaúba o qual comprou em leilão por R$ 40 milhões de reais. O assessor jurídico da massa falida do grupo Kaiowa, Amador Bueno, esteve em Janaúba ocasião em que fez definitivamente a transferência da indústria de Janaúba para o frigorífico Minerva.
Reunido com lideranças ruralistas, vereadores, prefeito e representantes empresariais de Janaúba, nessa terça-feira, dia 29, o assessor jurídico do Kaiowa agradeceu o apoio que a comunidade janaubense tem dado ao Kaiowa que comandou direto e indiretamente o frigorífico de Janaúba por mais de 20 anos.
O assessor jurídico do Kaiowa, Amador Bueno, enalteceu o empenho do presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba, José Aparecido Mendes Santos, na transição do procedimento jurídico assim como na sensibilização da classe empresarial e política de Minas Gerais no que tange a solução do impasse pela qual o frigorífico de Janaúba vinha enfrentando.
Falando em nome dos produtores de Janaúba e do Norte de Minas e do Vale do Jequitinhonha, José Aparecido Mendes disse que esse é um momento muito importante para Janaúba e região tanto no contexto social, quanto econômico, pois recoloca a unidade industrial gorutubana em condições de atividade e fortalecimento o agronegócio regional, assim como possibilita ânimo para toda a comunidade. “Se Deus quiser, o frigorífico de Janaúba voltará a gerar empregos, renda e transformação econômica deste município e de todo o Norte de Minas”, declarou José Aparecido que desde que assumiu o Sindicato Rural, em 2009, tem se empenhado pela reativação do frigorífico de
Janaúba que agora passa a se chamar, definitivamente, frigorífico Minerva, adquirido pelo grupo Minerva.
Dirigentes do Grupo Minerva deverão chegar à cidade neste final de semana para iniciar a avaliação da montagem da equipe de trabalho. Os currículos para as possíveis admissões de trabalhadores podem ser entregues na sede do Sine, na avenida Brasil (na antiga Madecon) ou então na portaria do frigorífico.
 
Maçonaria, Rotary e Lions se unem à prefeitura e garantem desfecho favorável no caso Ifet/Adejan PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
10 de fevereiro de 2014
Leia mais...JANAÚBA (Fernando Lucas) -- O impasse entre a Adejan (Associação dos Deficientes de Janaúba) e a prefeitura local, enfim foi solucionada na tarde/noite desta quarta-feira, dia 5, após reuniões encolvento a sociedade civil organizada da cidade, que abraçou a causa e ajudou na solução do problema que se arrastava há meses, se agravava e poderia até mesmo impedir a instalação de unidade do Ifet (Instituto Federal) na cidade. Com previsão inicial de cursos técnicos, o Ifet poderá implantar num futuro bem próximo cursos superiores em Janaúba, sendo transformada em faculdade pública federal (mais uma, além do campus da UFVJM). A entidade resistia em desocupar o imóvel (antiga biblioteca pública) em frente à Câmara, sem que houvesse garantias reais do Poder público para abrigá-los e custear locação em outro logradouro, adequado às necessidades dos afiliados da Adejan. Esse imóvel foi cedido temporariamente para o Ifet, conforme autorização dada em 9 de maio de 2013 pela Câmara Municipal de Janaúba. Intermináveis reuniões entre os representantes da prefeitura e da Adejan foram levadas a efeito. Acordos foram feitos e desfeitos. Prazos foram estipulados e nada.
 
O prazo dado das obras para abrigar as novas instalações do Ifet já estava por encerrar. Outras cidades, principalmente do Sul de Minas já de olho na desistência de Janaúba para levar para lá o importante Instituto, foi quando a sociedade civil organizada, através das Maçonarias e clubes de serviços entraram para tentar ajudar nas negociações de desocupação.
Leia mais...
 
Prefeito autoriza início das obras do Ifet PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
10 de fevereiro de 2014
JANAÚBA -- Após a assinatura da ordem de serviço para a construção do prédio, do Polo Avançado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG) em Janaúba, o prefeito Yuji Yamada, autorizou na sexta-feira, 7 de fevereiro, o início das obras do  tão sonhado Ifet. O instituto de educação é edificado na mesma área do imóvel, onde funcionou a antiga biblioteca pública, e por último, a Associação dos Deficientes de Janaúba (Adejan).
 
O chefe de Gabinete da prefeitura de Janaúba, Carlos Eduardo Serapião Aguiar, destacou a sensibilidade dos representantes da Adejan para com a implantação do Ifet na cidade, e após um acordo firmado com o prefeito janaubense, durante reunião entre o prefeito, representantes da Adejan e segmentos da sociedade civil organizada, na quarta-feira, 5 de fevereiro, o prédio da biblioteca, localizado na avenida Brasil, em frente à Câmara Municipal, foi desocupado pela Adejan. Para solucionar o impasse, o prefeito Yuji se comprometeu com o pagamento do aluguel à Adejan, por um período de três anos. O novo endereço da entidade será no bairro Padre Eustáquio, na rua Osvaldo Aranha.
 
O prefeito Yamada comemorou o acordo e ressaltou a importância da implantação do Ifet/IFNMG na cidade, como incremento do sistema de educação. Com isso, Janaúba que já conta com vários cursos em funcionamento da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), as obras em andamento para instalações da Escola Brasil Profissionalizante, segue se estruturando para consolidar-se de vez, como cidade polo em educação na região da Serra Geral de Minas.
 
OBRA -- A empreiteira vencedora da licitação da obra do Ifet, orçada em cerca de R$ 500 mil reais, conforme o cronograma licitatório tem prazo de 120 dias para executá-la, possibilitando assim aulas já no segundo semestre de 2014. O imóvel onde o Polo Avançado do Ifet será instalado e, funcionará provisoriamente, foi doado ao Instituto pelo município de Janaúba. Nos próximos anos, o Polo Avançado do Ifet será transformado em Campus Avançado, ou seja, em uma nova universidade federal. Para tanto, a prefeitura terá que adquirir uma área de 50 hectares para abrigar toda estrutura educacional do instituto. As informações são do advogado e chefe de Gabinete da prefeitura de Janaúba, Carlos Eduardo.
 
A implantação do Ifet na cidade representa ganhos importantes ao processo de crescimento e desenvolvimento do município e região, especialmente no que se refere à educação de qualidade a ser ofertada a estudantes janaubenses e da região da Serra Geral de Minas. Além disso, a instalação do instituto abre novas possibilidades para a qualificação profissional local e regional; também poderá atrair investimentos de fontes geradoras de emprego e renda (empresas e indústrias) ao município e cidades da região.
 
Entidade, fundada em 1999, possui 130 membros PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
10 de fevereiro de 2014
JANAÚBA (Fernando Lucas) -- A Associação dos Deficienmtes de Janaúba (Adejan), fundada no dia 05 de setembro de 1999 possui atualmente 130 membros, sendo 80 efetivos. Por ainda não ter sua sede própria a referida associação funcionou no espaço cedido provisioriamente pela prefeitura, situada na Avenida Brasil, nº 340, por cerca de 10 anos, até esta quinta-feira, dia 5, quando foi remanejada para outro endereço.
 
Segundo a atual presidente Lídia Barbosa da Cunha (seu irmão Miguel Barbosa, ex-vereador assume a presidência neste domingo, dia 9), disse à reportagem do JORNAL DA SERRA GERAL, que a entidade foi criada para atender as necessidades das pessoas com deficiência em todas as áreas sociais, dentre os serviços prestados estão: Educação inclusiva (Braile, Libras e Digital), aulas de AVD, reabilitação para o mercado de trabalho, esporte, lazer e cultura, fazendo valer os direitos das pessoas com deficiência. Porém, salienta Lídia, a Associação desenvolve, também, ações no combate à pobreza.
 
“Nossa missão é apoiar a pessoa com deficiência, de acordo com sua necessidade, estimulando-a para que demonstre sua capacidade no estudo, esporte, trabalho, lazer e coinvivência, estando vigilante na defesa dos direitos, combatendo o preconceito e a discriminação”, atesta a presidente Lídia Barbosa.
Esses trabalhos, segundo ainda a presidente, são realizados com o intuito de atender as demandas relacionadas à exclusão social por falta de conhecimento, capacitação e oportunidade.
 
Mas Lídia revela que o maior legado da Associação é o de erradicar o analfabetismo das pessoas com deficiência, dando-lhes condições para exercer o direito de ir e vir. “Além do trabalho de alfabetização, procuramos ser uma central de esclarecimentos sobre os direitos de todos, associados ou não, como por exemplo, encaminhamento para requerer benefícios previdenciários (BPC), Passe Livre interestadual e municipal, entre outros serviços prestados”, atesta a presidente da Associação.
 
ACERVO -- A maior preocupação de toda a diretoria da Associação dos Deficientes é com o acervo de sua biblioteca, atualmente composta por 500 livros impressos em Braile, totalizando em torno de 2.000 livros, pois, segundo apurou o JORNAL DA SERRA GERAL, um único exemplar possui 30 partes. Mas a biblioteca ainda possui 130 livros em áudio MP3 e 40 em fitas cassetes, além de 27 em letras maiores para pessoas com baixa visão.
 
Serviço de Oncologia pode se tornar realidade em Janaúba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
26 de janeiro de 2014

JANAÚBA (Por Fernando Lucas) -- A presença, no final da semana passada, do deputado estadual Arlen Santiago em Janaúba serviu para deixar um alento aos pacientes de câncer locais e da região da Serra Geral de Minas. Segundo o parlamentar, que esteve na cidade atendendo convite da direção local do PTB (Partido Trabalista Brasileiro), ali representado pelo vice-presidente do partido, vereador Armando Peninha Batista e pelo empresário Antônio Guimarães Correia (Jaburu), a possibilidade de implantação de um serviço de Oncologia na cidade, apesar de não ser fácil, é real.

Na oportunidade, entre diversos temas abordados, o deputado Arlen explicou que para a concretização deste sonho, seria necessário a intervenção do Poder Público local, de alguma unidade hospitalar da cidade e de uma parceria com algum hospital de Montes Claros que já possui o serviço. Ele deu como exemplo o atendimento do hospital Dilson Godinho, onde atua regularmente atendendo pacientes de todo o Norte de Minas e até do Sul da Bahia.

“Não é fácil a implantação de um serviço de Oncologia, pois é dispendioso finaceiramente com aquisição de equipamentos e medicamentos e demanda de muitos profissionais da área. Mas também não é impossível. Estamos dispostos a batalhar por esta bandeira, desde que as lideranças locais se manifestem interessados e se disponham a nos ajudar”, destacou o deputado, salientando que recebeu um pedido para implantação deste serviço por um vereador local, naquele mesmo dia.

DEMANDA -- Atualmente, segundo informações obtidas pelo JORNAL DA SERRA GERAL, com a costumeira exclusividade, são cerca de 400 pacientes em Janaúba que se deslocam para Montes Claros diariamente para o tratamento de câncer. Se forem contabilizados os pacientes de outras cidades da região da Serra Geral que utilizam o serviço em Montes Claros, e que pessam pela cidade, este número seria bem superior.

Com a possível implantação do serviço de Oncologia em Janaúba, esta distância seria substancialmente reduzida, favorecendo uma melhor qualidade de tratamento para estes pacientes que ainda se livrariam dos riscos inerentes destas viagens.

OUTROS -- Outros assuntos de interesse do município foram levados à tona durante a reunião, que se deu no Gorutuiba Park Hotel, na tarde da sexta-feira, dia 17, com a participação de dezenas de lideranças locais. O JORNAL DA SERRA GERAL esteve presente, através de seu diretor, o jornalista, Fernando Lucas, que também responde pela presidência do Lions Clube.

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 1 - 14 de 597