Diretor Clínico da Fundajan nega falta de atendimento médico PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
01 de março de 2015

JANAÚBA (Fernando Lucas) -- Em conversa, esta semana, com o diretor clínico da Fundajan, o médico Obestetra José Francisco Moraes, o mesmo disse à reportagem do JORNAL DA SERRA GERAL que a paciente, Maria do Carmo, falecida na última semana ao dar a luz no hospital, teve toda assistência médica e durante o período em que esteve internada no hospital em nenhum momento foi negligenciado atendimento. “Temos todos os laudos mostrando que em nenhum momento ela ficou sem médico. Porém, ela veio a falecer com uma parada cardiorespiratória e a causa morte ainda não foi determinada, portanto nem demos o atestado de óbito”, disse. Ele conta que foi pedido a necrópsia do corpo para determinar a causa, até para resguardar a Fundajan “e nós médicos e se evitar que falem que está morrendo pessoas aqui por negligência médica, por falta de médico. As anotações médicas dela, o prontuário, inclusive, já foram passadas para o Ministério Público. Vamos, então, aguardar o laudo médico e a conclusão das investigações, mas atesto que não procedem as notícias de que ela teria morrido por falta de atendimento médico. Isso não procede”, fala o médico José Francisco.

Ele encerrou a entrevista afirmando estar no Hospital Fundajan há pelo menos 14 anos e disse nunca ter visto caso igual ter ocorrido ali. “Ou seja, fala-se muito desse caso, mas isso não é uma regra na Fundajan e sim uma excessão. Uma lamentável excessão”, concluiu.

 
Janaúba terá mais eficiência na iluminação pública PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
01 de março de 2015

JANAÚBA -- O prefeito de Janaúba, Yuji Yamada, assinou nesta última terça-feira, dia 24, o contrato de manutenção do serviço de iluminação pública. A empresa vencedora do processo licitatório foi a Asolar Energy. A licitação realizada pelo Consórcio União da Serra Geral vale por um ano e permite renovação. A empresa, que terá sua sede em Janaúba,vai atender outros oito municípios da região da Serra Geral de Minas.

Acolhendo solicitação de Yuji, a Asolar já deve começar a operar na cidade já nesta próxima semana, fazendo as trocas das lâmpadas queimadas em vários pontos da cidade, conforme levantamento apresentado pela prefeitura.”Janaúba foi ágil e já nos entregou a planilha com os locais para troca. Isso facilitará o serviço e permitirá que o atendimento comece imediatamente”, disse a gestora de Relações Institucionais da Asolar, Dayane Fonseca. Para atender o consumidor com mais rapidez e eficiência, será montado ainda uma central de atendimento ao público, por meio de uma empresa de Call Center, que venceu a licitação do serviço.

Na cidade existem cerca de 7.600 mil pontos de iluminação e a empresa prestará o serviço 24 horas por dia, ininterruptamente, durante os sete dias da semana. “Nosso objetivo é oferecer o melhor serviço possível para a população. Nossa expectativa é que sob a nova gestão possamos melhorar efetivamente a iluminação em toda a cidade”, aponta Yuji Yamada. O prefeito ainda adiantou à reportagem do JORNAL DA SERRA GERAL que a prefeitura planeja, ainda neste ano, melhorias na rede de iluminação pública da cidade, dentre elas a implantação de lâmpadas de led, que tem mais luminosidadee durabilidade. “Isso vai garantir ainda mais segurança para os moradores”, concluiu.

Desde 1º de janeiro de 2015, as prefeituras passaram a assumir a responsabilidade dos ativos de iluminação pública (lâmpadas, luminárias, relé/contratores, reator, braço e acessórios), de acordo com a exigência da Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL e divulgado com a costumeira exclusividade pelo JORNAL DA SERRA GERAL.

 
Grande Oriente do Brasil homenageia Loja Maçônica cinquentenária de Janaúba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
23 de fevereiro de 2015
JANAÚBA -- O Grande Oriente do Brasil, maior e mais antiga instituição maçônica do país, prestou homenagens a obreiros da Loja Maçônica Deus, Paz e Liberdade de Janaúba, em reconhecimento aos 50 anos de existência. A sessão ocorreu na segunda-feira, dia 9 de fevereiro, presidida pelo Grão-Mestre do GOB em Minas Gerais, Amintas de Araújo Xavier, além do seu adjunto, Eduardo Teixeira Rezende, e do secretário-executivo da Congregação do GOB, Vicente Pinto Silva. Os homenageados receberam as medalhas de Benemérito da Ordem, Grande Benemérito da Ordem, Estrela da Distinção Maçônica, Cruz da Perfeição Maçônica e Ordem do Mérito Dom Pedro I.
 
A loja Deus, Paz e Liberdade 1795 foi criada em 5 de outubro de 1964 e se constitui na quarta mais antiga oficina maçônica do Norte de Minas. Atualmente o GOB conta com 34 lojas no Norte de Minas.
Os homenageados como Benemérito da Ordem, pela loja Deus, Paz e Liberdade foram Alcides Alves, José Carlos Mendes Ruas (in memoriam) e Laerte Ribeiro. Como Grande Benemérito da Ordem foram Almerindo Moreira de Andrade, Délio Coelho, Eujácio Rodrigues, Francisco Rodrigues Filho, Gilberto Alves da Conceição, Herbeth de Souza, João José Alves, Narciso de Castro Pereira, Rodolfo Soares de Oliveira (in memoriam), Santino Garcia Leal e Sinvaldo Gomes da Mata. A Estrela da Distinção Maçônica foi conferida a Aldimar Dimas Rodrigues, Carlos Judson Marques e Waldir Antunes de Souza. A Cruz de Perfeição Maçônica foi outorgada a Dráuzio Coelho, Gil Soares de Oliveira e Vitor de Rezende. A Ordem do Mérito Dom Pedro I foi outorgada in memoriam a Waldir Nunes da Silva.
 
O venerável da Loja Deus, Paz e Liberdade, Milton José Oliveira, enfatizou a importância da homenagem prestada pelo GOB, pois estimula ainda mais a oficina a desenvolver seu trabalho em defesa da maçonaria e da sociedade. O Grão-Mestre estadual, Amintas Araújo Xavier, destacou que o soberano Grão-Mestre, Marcos José da Silva, líder nacional da Maçonaria, pediu para trazer estas homenagens, em reconhecimento à atuação dos maçons de Janaúba, que, assumindo o papel de desbravadores, expandiram a maçonaria pela Serra Geral de Minas, que atualmente conta com lojas do GOB em Janaúba, Porteirinha, Mato Verde, Monte Azul, Espinosa e Jaíba. Estas três últimas, recentemente criadas.
 
O Grão-Mestre Adjunto, Eduardo Teixeira Rezende, mostrou aos maçons a importância de estimular a fraternidade entre os maçons e que este compromisso sempre será mantido pelo GOB. O presidente da 2ª Coordenadoria Regional da Congregação do GOB no Norte de Minas, Olímpio Antônio Maia Abreu, destacou o papel estratégico da loja Deus, Paz e Liberdade, que fez questão de manter seu papel de expansão da maçonaria no Norte de Minas. Uma comitiva com 34 maçons de Montes Claros esteve presente no evento em Janaúba, além de obreiros de Mato Verde, Porteirinha, Monte Azul, Espinosa, Taiobeiras e Jaíba. 
 
(Fonte: jornal Gazeta Nortemineira, edição de 11/02/2015)
 
Senar e Sindicato Rural capacitam presos em Janaúba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
23 de fevereiro de 2015
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Dez presos do presídio de Janaúba participaram semana passada do curso de Olericultura promovido pelo Sindicato Rural de Janaúba e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) Minas numa parceria com a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi). O curso ocorreu de terça-feira até sexta-feira, dia 13, no próprio presídio. O JORNAL DA SERRA GERAL acompanhou as instruções técnicas.
 
Depois das aulas teóricas ministradas pelo engenheiro agrônomo janaubense Roney Alex Araújo, instrutor e mobilizador do Senar Minas, os presos foram para a horta da unidade prisional onde colocaram em prática os conhecimentos absorvidos. “Para nós isso é muito importante, pois ganhamos a oportunidade de aprender e ainda ficar fora da cela por algumas horas”, comentou um dos detentos que participou do curso.
 
Devidamente uniformizados e com equipamentos de proteção individual (e.p.i), os presos prepararam os canteiros e a horta. Nesse caso, eles também receberam as instruções do engenheiro Roney Araújo sobre o tipo de solo para a cultura de hortaliças, a preparação da área, adubação e plantio. “Já plantei horta na minha vida, mas aqui (no curso) aprendi novo jeito correto de fazer a horta”, explicou um dos detentos ao ser indagado pelo JORNAL DA SERRA GERAL se já sabia cultivar uma horta.
 
Essa é a segunda vez que o Senar Minas e o Sindicato Rural de Janaúba promovem a capacitação de presos em Olericultura, nesta cidade, incrementando assim as atividades de promoção social que essas duas entidades têm desenvolvidas tanto na zona rural quanto na cidade. “Seguimos o objetivo do Senar Minas em possibilitar a toda comunidade as mudanças de atitudes, através do conhecimento, em favor da qualidade de vida”, justificou Roney Araújo que no próximo mês irá capacitar detentos de outro presídio no Norte de Minas.
 
Com luvas e a disposição em ajudar os colegas no preparo da horta, um preso deixou transparecer no semblante a alegria de poder conhecer a área da horta da unidade prisional. “Tenho quase dois anos de prisão e essa é a primeira vez que saio fora da cela e do pátio interno”, mencionou o detento ao JORNAL DA SERRA GERAL. Ele completou dizendo “só de estar aqui fora (no anexo do presídio, com escolta de agentes penitenciários) é bom demais”. Esse preso lamentou que desde quando foi recolhido não recebeu visita de familiares. No próximo mês ele será submetido a julgamento.
 
Para Geraldo Welson Silva, diretor geral do presídio de Janaúba, essa parceria pela execução do curso segue a metodologia de trabalho da Suapi pela ressocialização dos detentos. Segundo ele, os participantes são qualificados e recebem o certificado de capacitação o que, no futuro, poderá ser útil para que os mesmos sejam inseridos no mercado de trabalho.
Os 10 participantes foram escolhidos entre os mais de 150 recolhidos no presídio local. O tipo de escolha leva-se em considerações vários requisitos, entre eles o bom comportamento, a confiança e o comprometimento do próprio detento pelo curso. O diretor Geraldo Silva ressalta que a atividade extra cela conta com o respaldo da Justiça, Ministério Público e da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), a qual a Suapi pertence.
 
Os equipamentos de proteção individual (e.p.i), caso de botas e luvas, além das ferramentas (rastel, pá e enxadas) e do adubo (esterco) foram adquiridos por intermédio do Sindicato Rural e voluntários. O preso que participa dessa atividade de capacitação e ressocialização é beneficiado pela redução de um dia da pena para cada três dias trabalhados. Além do curso de preparo de horta, os detentos do presídio de Janaúba também participam de cursos artesanais, inclusive tendo os materiais produzidos são expostos e vendidos na comunidade.
 
Entidades firmam convênio para defender recursos hídricos no Norte de Minas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
31 de janeiro de 2015
JANAÚBA (por Camila Guimarães) – Discutir ações de curto, médio e longo prazo que sejam capazes de contribuir para a preservação dos recursos hídricos do Norte de Minas. Esse foi um dos objetivos que levou representares de entidades ligadas ao agronegócio norte-mineiro e entidades de ensino de pesquisa a se reunirem na última segunda-feira, dia 26, na sede da Abanorte (Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas), em Janaúba, numa ação promovida pelo Comitê Político Institucional da Região do Jaíba. Entre as entidades participantes estavam o Distrito de Irrigação do Jaíba (DIJ I e II), o Distrito de Irrigação do Gorutuba (DIG), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Associação dos Irrigantes da Margem Esquerda do Gorutuba (ASSIEG), Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), além de lideranças políticas da cidade norte-mineira de Patis e empresários de Janaúba e região. LEIA MAIS NO JORNAL IMPRESSO
 
Taxa de emprego em Janaúba subiu 28% em 2014 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
31 de janeiro de 2015
JANAÚBA -- A cada duas horas uma pessoa foi empregada com carteira assinada em Janaúba, em 2014, representando uma alta de 28,59% na taxa de emprego em relação ao ano anterior. No mesmo período o desemprego subiu 18,80%. Os setores da construção civil e da indústria da transformação foram os que mais contribuíram para esse aquecimento na empregabilidade da mão de obra neste município. Quase 5 mil pessoas foram contratadas no ano passado.
 
O JORNAL DA SERRA GERAL apurou que em 2014 no município de Janaúba 4.834 trabalhadores foram admitidos com carteira assinada contra 3.759 contratações no ano anterior. As dispensas alcançaram 4.120 pessoas diante das 3.468 dispensas em 2013.
Esse momento positivo na economia de Janaúba pode ser considerado com a reativação do frigorífico, no ano passado, pois o setor da indústria da transformação neste município registrou alta de 99,62% na contratação de pessoal numa comparação a 2013. LEIA MAIS NO JORNAL IMPRESSO NAS BANCAS
 
2015 registra o janeiro mais seco dos últimos 11 anos em Janaúba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
26 de janeiro de 2015
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Já são três semanas de estiagem em Janaúba, neste mês. Menos de 7 milímetros foi a chuva que ocorreu no dia 2 de janeiro. O acumulado até agora é de 6,7 milímetros o que coloca janeiro de 2015 como o mais seco dos últimos 11 anos. Bem longe dos 215 milímetros registrados no primeiro mês de 2009. O baixo índice pluviométrico neste ano quase se aproximou do janeiro mais seco de Janaúba em quase 100 anos.
 
De acordo com levantamento feito pelo JORNAL DA SERRA GERAL, 76 anos atrás choveu apenas 2,5 milímetros nesta localidade no mês de janeiro. Esse período seco se aproxima da realidade, já que até agora choveu apenas 6,7 milímetros em Janaúba, onde, no ano passado foram 31,3 milímetros.
 
UM SÉCULO ATRÁS CHOVEU 670 MM EM JANEIRO -- Historicamente o janeiro do ano seguinte ao período seco ocorre mais chuva. Por exemplo, em janeiro de 1938 a precipitação onde hoje é Janaúba foi de 2,5 mm e em 1939 ocorreram 96,2 milímetros. Em 2006 choveu na cidade janaubense 7,9 milímetros e passou para 121,3 milímetros no primeiro mês do ano seguinte. Resta saber se em janeiro de 2016 haverá a confirmação dessa tendência.
 
Há 101 anos choveu 100 vezes mais no mês de janeiro, onde hoje é esta cidade. A reportagem do JORNAL DA SERRA GERAL obteve com exclusividade dados históricos que apontam que em janeiro de 1914 foi registrado o índice pluviométrico de 677,6 milímetros, apenas no primeiro mês do ano. Isso hoje tem sido (e às vezes menos) a chuva anual em Janaúba.
 
CHUVA DE JANEIRO EM 11 ANOS -- Confira a seguir, conforme estudo feito pelo JORNAL DA SERRA GERAL, a quantidade de chuva em Janaúba no mês de janeiro do ano de 2005 até essa quinta-feira, dia 22 de janeiro de 2015: janeiro de 2005 foram 126,7 milímetros; 7,9 mm em 2006; 121,3 mm em 2007; 94,8 mm em 2008; 215,6 mm em 2009; 17,4 mm em 2010; 90,6 mm em 2011; 89,7 mm em 2012; 155,5 mm em 2013; 31,3 mm em 2014 e 6,7 milímetros em 2015.
 
AEROPORTOS: Licitações começam ainda este ano e Janaúba está incluída PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
26 de janeiro de 2015

JANAÚBA -- O novo ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, disse, esta semana, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que as primeiras licitações envolvendo as obras de 270 aeroportos regionais pelo país devem sair ainda este ano. No pacote estão 65 terminais da região Sudeste, dos quais 33 são de Minas Gerais, cinco do Norte do Estado, entre estes, dois da região da Serra Geral de Minas: Janaúba e Jaíba. Mais, Montes Claros, Pirapora e Salinas. “Vamos fazer um esforço hercúleo para, neste ano, ter as primeiras licitações. Vai depender da agilidade de estados e licenças ambientais”, disse o novo ministro.

O ministro disse que ainda não foi definido quais serão os aeroportos nem quantas licitações sairão em 2015. Segundo ele, a aviação regional é prioridade “A” da Secretaria de Aviação Civil no segundo mandato de Dilma Rousseff. A presidente anunciou o plano de aviação regional em 2012.  

 
AEROPORTOS: Licitações começam ainda este ano e Janaúba está incluída PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
26 de janeiro de 2015

JANAÚBA -- O novo ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, disse, esta semana, em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, que as primeiras licitações envolvendo as obras de 270 aeroportos regionais pelo país devem sair ainda este ano. No pacote estão 65 terminais da região Sudeste, dos quais 33 são de Minas Gerais, cinco do Norte do Estado, entre estes, dois da região da Serra Geral de Minas: Janaúba e Jaíba. Mais, Montes Claros, Pirapora e Salinas. “Vamos fazer um esforço hercúleo para, neste ano, ter as primeiras licitações. Vai depender da agilidade de estados e licenças ambientais”, disse o novo ministro.

O ministro disse que ainda não foi definido quais serão os aeroportos nem quantas licitações sairão em 2015. Segundo ele, a aviação regional é prioridade “A” da Secretaria de Aviação Civil no segundo mandato de Dilma Rousseff. A presidente anunciou o plano de aviação regional em 2012.  

 
Sindicato Rural de Janaúba qualifica mais de cinco mil produtores e produz ciadania PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
16 de janeiro de 2015
JANAÚBA – Sim, o Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba realiza todo ano a ExpôJanaúba, uma das mais importantes exposições de Minas Gerais e do país. Engana-se quem pensa que a única ação do Sindicato seja a Exposição. As ações dos ruralistas são marcantes por sua participação efetiva em movimentos que envolvem o setor. No campo ou na cidade, neste e em outros municípios da região da Serra Geral de Minas, há sempre a presença e a atitude do Sindicato Rural de Janaúba.
Só para se ter uma idéia, nos últimos cinco anos o Sindicato Rural de Janaúba realizou mais de 400 cursos de qualificação do homem do campo através dos quais foi possível promover a formação profissional de mais de cinco mil produtores e trabalhadores rurais. A capacitação ocorre durante o ano. Somente em 2014 ocorreram 78 cursos o suficiente para capacitar mais de 1 mil produtores e seus familiares e ainda os prestadores de serviço. MATÉRIA COMPLETA NO JORNAL DA SERRA GERAL DESTE FINAL DE SEMANA
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 1 - 14 de 651