Janaúba se mantém como segundo maior Colégio Eleitoral da região PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
07 de maio de 2016
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – De cada quatro eleitores da região da Serra Geral de Minas um é de Janaúba. Dados de março deste ano apontam que nos 15 municípios dessa região estavam cadastradas 200.401 pessoas aptas a votarem nas eleições deste ano. Isso representa 77% do eleitorado de Montes Claros, maior cidade do extremo Norte do Estado.
 
O município de Janaúba tem o segundo maior colégio eleitoral do Norte de Minas com 50.454 eleitores, ficando atrás de Montes Claros que tem 260.455 pessoas aptas a votarem. Januária está em terceiro lugar com 48. 329 e Pirapora com 40.940 eleitores.
 
SERRA GERAL DE MINAS TEM 200 MIL ELEITORES -- São mais de 46 mil votos a diferença entre o município com mais e o que tem menos eleitores na região da Serra Geral de Minas. Com 15 municípios, a região da Serra Geral de Minas possui 200 mil eleitores, sendo Janaúba que se concentra o maior número de eleitores dessa região, onde Serranópolis de Minas detém o menor eleitorado.
 
Confira agora o levantamento feito pelo site do jornalista Oliveira Júnior sobre o eleitorado de cada um dos 15 municípios da região da Serra Geral de Minas, dados de março passado:
Janaúba com 50.454 eleitores, Porteirinha tinha 30.773 eleitores; Jaíba, 23.356 pessoas aptas a votarem; Espinosa com 20.044 eleitores; Monte Azul possuía 17.778 eleitores; Mato Verde estava com 10.347 eleitores; Em Riacho dos Machados eram 7.396 pessoas em condições para votar; Verdelândia com 6.401 eleitores; Matias Cardoso tinha 6.381 pessoas cadastradas na Justiça Eleitoral; Mamonas possuía 5.702 eleitores; Pai Pedro com 4.812 eleitores; Nova Porteirinha estava com 4.810 eleitores; Gameleiras com 4.218 aptas a votarem nas eleições deste ano; Catuti com 4.151 e Serranópolis de Minas tinha 3.778 eleitores em março deste ano.
 
Janaúba registra um homicídio a cada semana PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
25 de março de 2016
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Um estampido oriundo de disparo de arma. Sirene de ambulâncias do Samu e do Corpo de Bombeiros. Carros da Polícia Militar e em seguida chega a equipe técnica da Polícia Civil para confirmar o óbito. Essa cena vem sendo repetida pelo menos uma vez por semana em Janaúba, este ano. Infelizmente, a fatalidade se aproxima do ritmo frenético que foi em 2015 quando ocorreram 47 assassinatos, recorde neste município.
 
O JORNAL DA SERRA GERAL apurou que entre o dia 1º de janeiro de 2016 e ontem, terça-feira, 22 de março, já ocorreram 10 homicídios no município janaubense, média de um crime violento dessa tipologia a cada oito dias. Essa violência teve um salto de 25% no fim da noite de sábado, dia 19, quando duas pessoas morreram quase que simultaneamente durante disparos de arma no bairro São Lucas. Minutos antes haviam sido registrados 8 assassinatos ao longo do ano, porém a escalada da morte cruel pulou para uma dezena.
 
Isso já preocupa a comunidade, pois a criminalidade neste ano já se equipara ao triste quadro violento de 2015, quando o 10º assassinato foi no dia 11 de março e o 11º homicídio ocorreu no dia 21 de março do ano passado que teve 47 pessoas mortas cruelmente em Janaúba.
 
Jonathan Barbosa Santos, o “Pepinha”, 29 anos, e de Wanderson Souza da Silva, o “Hua”, 19 anos, são os mais recentes integrantes da lista dos óbitos este ano vítimas dos crimes violentos em Janaúba. Eles foram atingidos por disparos fatais na noite de sábado, no bairro São Lucas, nas imediações da rodovia MG-401, saída para Jaíba. Ainda não se sabe quem e porque mataram os dois rapazes. Em princípio, a polícia suspeita que o ato violento tenha alguma ligação com o tráfico de drogas.
 
Levantamento do JORNAL DA SERRA GERAL aponta que Janaúba responde por 34% (um terço) dos assassinatos na região da Serra Geral de Minas, em 2016, onde já ocorreram 29 homicídios, dos quais 10 em Janaúba e 7 em Jaíba. Monte Azul, Porteirinha e nova Porteirinha registraram 3 assassinatos, enquanto que em Espinosa, Verdelândia e Matias Cardoso foram um homicídio. Nos demais 7 municípios da Serra Geral não tiveram morte de maneira cruel em 2016.
 
DESTAQUE DA SERRA GERAL 2016 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
13 de março de 2016
 
Rio Gorutuba tem nascentes cercadas visando preservação PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
13 de março de 2016
FRANCISCO SÁ/JANAÚBA -- Finalmente um evento que veio dar alegria aos ambientalistas e amantes do Rio Gorutuba e, também a toda uma população a seu entorno. No último dia 27 de fevereiro, sábado, um grupo de pessoas lideradas pela Maçonaria, junto com moradores da região de Catuni, distrito de Francisco Sá – onde estão as nascentes do Rio Gorutuba – formaram um mutirão e deram por concluído o cercamento da principal nascente do Rio Gorutuba, entre outras ali existentes. 
 
Foi esforço considerável conseguir o conjunto de postes de madeira e o arame necessário para a realização do serviço, além, é claro, do desprendimento e boa vontade das pessoas que trabalharam, de graça, para a execução desta importante obra.
 
Segundo o engenheiro ambiental, Aroldo Roberto Cangussu, o cercamento das nascentes é uma das melhores maneiras de preservação ambiental e revitalização de rios já conhecidas. Ele impede o pisoteamento de gado, o acesso de pessoas, o assoreamento e a própria destruição da nascente. 
“Estão de parabéns todos os envolvidos que, de maneira voluntária, e sem receber vantagens pecuniárias promoveram esse benefício ao nosso rio”, disse  Aroldo Cangussu.

 
Câmara de Janaúba quer CPI para apurar possíveis irregularidades no Hospital Regional de Janaúba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
24 de fevereiro de 2016
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – A Câmara Municipal de Janaúba deverá instalar nesta quinta-feira, dia 25 de fevereiro, ou sexta-feira, 26, uma Comissão Processante de Inquérito (CPI) para apurar irregularidades na Fundação Hospitalar de Janaúba, mantenedora do Hospital Regional que enfrenta uma das piores crises da sua história. O presidente da Câmara, vereador Armando Peninha Batista deverá emitir ainda hoje a convocação para a reunião extraordinária na qual deverá formalizada a CPI.
 
O vereador Paulo Roberto de Oliveira, o Pauleca (PRB), sugeriu na reunião ordinária de segunda-feira, dia 22 de fevereiro, a instituição da CPI diante das denúncias formuladas tanto pela direção quanto pelos funcionários da unidade hospitalar. Os vereadores ainda solicitam ao prefeito Yuji Yamada o afastamento do secretário municipal de Saúde, Gilson Urbano de Araújo, das funções. Urbano é presidente da fundação hospitalar.
 
Com uma dívida em torno de R$ 5 milhões e não tendo materiais, dentre eles luvas, e medicamentos, a Fundação Hospitalar perdeu o crédito junto aos fornecedores de equipamentos e insumos. A restrição é por causa da inadimplência da fundação. O atendimento no principal hospital da região da Serra Geral de Minas só não foi suspenso porque os funcionários fizeram uma “vaquinha” e compraram alguns equipamentos de proteção individual (epi), fraldas geriátricas e medicamentos. A direção do hospital solicitou luvas emprestadas do sistema de saúde do município vizinho de Verdelândia.
 
O secretário municipal de Saúde de Janaúba, Gilson Urbano de Araújo, recebeu com tranquilidade a manifestação dos funcionários do Hospital Regional que queixam da precariedade nas condições de trabalho. Em contato com o site do jornalista Oliveira Júnior e com o jornalismo da Rádio Cidade 94,5 FM, no final da manhã dessa terça-feira, dia 23, Gilson Urbano ressaltou que uma das finalidades da nova diretoria do hospital, que tomou posse há um mês, é justamente reorganizar essa unidade hospitalar. MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO IMPRESSA NESTE FINAL DE SEMANA
 
Jovens de Janaúba produzem documentário sobre a violência no município PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
24 de fevereiro de 2016
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Documentário Janaúba 2015: Um ano para não esquecer. Esse é um vídeo que está sendo confeccionando por adolescentes desta cidade com relação ao crescente índice de criminalidade em Janaúba, sobretudo no ano passado em que foram contabilizados 47 assassinatos.
 
Ao mesmo tempo em que aprendem sobre técnicas de comunicação, os jovens questionam e absorvem informações sobre as causas e consequências dos crimes violentos e ainda sobre as medidas adotadas para conter essa triste realidade que possibilitou o aumento em 113% - mais que o dobro – dos casos de homicídios entre os anos de 2014 e 2015.
Esse documentário faz parte de um projeto social sobre a mídia que é desenvolvido por Júlio César, da
 
A Trupe, em parceria com a prefeitura de Janaúba, através da Secretaria Municipal de Promoção Social. Os jovens apreendem noção de filmagem, fotografia, entrevista e convívio social.
 
O documentário será lançado no dia 10 de março. Em os entrevistados nesse documentário estão os jornalistas Oliveira Júnior (site Oliveira Júnior, Rádio Cidade 94,5 FM e Jornal da Serra Geral) e Fernando Lucas (Jornal da Serra Geral), o radialista José Ambrósio Prates (Rádio Torre 91,7 FM), o secretário municipal de Promoção Social, Euler Rodrigues, o Sargento Almir Dias (51º Batalhão da Polícia Militar de Janaúba), entre outros.
 
Começa a II Copa Sindicato Rural de Futebol PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
13 de fevereiro de 2016
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Começa neste fim de semana a II Copa Sindicato Rural de Janaúba de Futebol de Campo com a participação de 27 times, sendo 15 da área urbana e 12 da zona rural. As equipes representarão os bairros, os distritos e os povoados. A final será entre um time da cidade e outro de comunidade rural, no dia 8 de maio. Os jogos serão na arena de esporte do parque de exposições Waldir Nunes da Silva nas tardes de sábado e domingo e princípio da noite de quarta-feira. A entrada é gratuita.
 
Neste sábado, dia 13 de fevereiro, terão duas partidas, ambas pela chave B urbana, sendo Padre Eustáquio x Cerâmica, às 16h, e Rio Novo x Pedra Preta, às 18h. E neste domingo, dia 14, mais dois jogos, Caraíbas x Arizona, às 15h, e Barcelona x Novo Horizonte, às 17h, pela chave A rural.
De acordo com Neurisvaldo Teixeira dos Santos, secretário executivo do Sindicato Rural de Janaúba, a Copa Sindicato Rural de Futebol de Campo objetiva aumentar a participação e o intercâmbio esportivo entre os produtores e trabalhadores rurais, seus familiares e amigos com a comunidade. “Com essa ação o Sindicato Rural proporciona o lazer para os janaubenses, goutubanos e visitantes e contribuir no fortalecimento da integração do homem do campo com a cidade”, frisou Neurisvaldo Teixeira.
 
A exemplo do que foi a I Copa, em 2015, a segunda edição da competição contará com importantes parcerias de instituições, entidades e do comércio imbuídos no propósito de incentivar a prática esportiva e valorizar o princípio da cidadania. Numa realização do Sindicato Rural, a II Copa que ainda tem a organização por parte da Harma Painés e Publicidade e de Bhidê Empreendimentos esportivos, e o apoio da imprensa, inclusive com a transmissão de uma partida aos domingos pela equipe de esportes da rádio Gorutubana AM.
 
Além da premiação habitual, ou seja, troféu e medalhas, a organização da II Copa Sindicato Rural de Janaúba de Futebol de Campo gratificará os três times melhores colocados com o prêmio de R$ 3 mil, sendo R$ 1,5 mil para o time campeão, R$ 1 mil para o vice-campeão e R$ 500,00 para a equipe que ficar em terceiro lugar. Também haverá troféu para o artilheiro e o goleiro menos vazado da competição.
 
TIMES FASE ZONA RURAL
Na fase da zona rural são três chaves com quatro times em cada, totalizando 12 equipes que jogarão entre si no grupo e classificando o primeiro colocado de cada chave e mais o segundo melhor colocado por índice técnico, perfazendo quatro times aptos para a seguinte fase.
Na chave A estão os times Caraíbas, Barcelona (o distrito de Vila Nova dos Poções), Novo Horizonte (do distrito de Quem Quem) e Arizona (da comunidade de Boi Velhaco).
Na chave B estão os times Cruzeirinho (do Quem Quem), Jacarezinho, Bragantino (da Lagoa Grande) e Barroquinha.
 
Na chave C estão os times Barreiro de Dentro, Tira Fogo, Angico e Nacional (Reassentamento)
A 1ª rodada da fase da zona rural será nos três próximos domingos, sendo que neste domingo, dia 14 de fevereiro, jogarão Caraíbas x Arizona, às 15h, e Barcelona x Novo Horizonte, às 17h, pela chave A; no próximo domingo, dia 21 de fevereiro, Cruzeiro x Barroquinha, às 15h, e Jacarezinho x Bragantino, às 17h, pela chave B; e no dia 28 de fevereiro, Barreiro de Dentro x Nacional, às 15h, e Tira Fogo x Angico, ás 17h, pela chave C.
 
TIMES FASE ZONA URBANA
Na fase da zona rural são quatro chaves, quatro com quatro times em cada e uma chave com três, totalizando 15 equipes que jogarão entre si no grupo e classificando os dois melhores colocados. As partidas dessa fase ocorrerão aos sábados e quartas-feiras.
Na chave A estão os times bairros Saudade, Gameleira e Santo Antônio. São três times nessa chave.
Na chave B, os times bairros Cerâmica, Rio Novo, Pedra Preta e Padre Eustáquio.
Na chave C se encontram os times bairros Veredas, São Lucas, Ribeirão do Ouro e Algodões.
Na chave D estão os times bairros Cohab, Dente Grande, Nova Esperança e
Vila São Vicente.
 
A II Copa Sindicato Rural de Janaúba de Futebol de Campo, fase zona urbana, começa neste sábado, dia 13 de fevereiro, com duas partidas, ambas pela chave B, sendo Padre Eustáquio x Cerâmica, às 16h, e Rio Novo x Pedra Preta, às 18h, na arena de esporte do parque de exposições. (Fonte: Assessoria de Imprensa e Marketing do Sindicato Rural de Janaúba)
 
Há 20 dias o medo era faltar água. Agora, a expectativa é da barragem sangrar PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
01 de fevereiro de 2016
JANAÚBA (Fernando Lucas) -- Há cerca de 20 dias, o JORNAL DA SERRA GERAL estampava em sua capa, a preocupação da população e, principalmente dos irrigantes de Janaúba e Nova Porteirinha com a falta de água na barragem e a consequente paralisação da irrigação. Fato este que poderia acarretar em sérios danos à economia local e regional. Porém, tão logo a matéria foi divulgada, as chuvas começaram a cair na cidade e região, fazendo com que a barragem Bico da Pedra se recuperasse em pelo menos 5 metros o que, por enquanto, descarta qualquer possibilidade de parar a irrigação e as atividades agrícolas.
 
A preocupação se justificava devido à queda do nível da barragem no ano passado que acumulou perda de mais de 5 metros, deixando-a próxima de voltar ao volume morto.
 
Neste mês de janeiro, a chuva tem caído na cidade e em diversas outras da região,  praticamente todos os dias, inclusive na cabeçeira do Rio Goutuba, fazendo com que a água chegue na barragem. A elevação do nível ali tem sido de 50 a 60 centímetros por dia/noite, deixando todos aliviados.
 
Claro que não podemos nos acomodar, mas o cenário mudou e tem tudo para mudar ainda mais, pois existem previsões de chuvas até o final de março e início de abril.
 
Pagamento dos servidores de Janaúba será nesta quinta, dia 14 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
13 de janeiro de 2016
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Já tem data definida para o pagamento salarial do funcionalismo público municipal de Janaúba. Na noite desta terça-feira o secretário municipal de Administração, Fazenda e Recursos Humanos, José Maria da Silva, disse que o pagamento do salário aos funcionários será nesta quinta-feira, dia 14 de janeiro. “Estamos aguardando o repasse de alguns recursos, como ICMS, IPVA, uma vez que o dinheiro da primeira parcela do FPM foi insuficiente”, explicou José Maria.
 
O secretário disse que o dinheiro da folha salarial de dezembro já está assegurado e que nesta terça-feira foi feito o empenho da folha de pagamento. O secretário explicou que em função do pagamento salarial dos servidores do Estado ocorrer amanhã, quarta-feira, dia 13 (seria na sexta-feira, dia 8, mas o governo estadual anunciou o adiamento apenas no dia 2 deste mês), foi programado para quinta-feira, dia 14, a liberação do salário dos servidores da prefeitura. Os servidores tanto da prefeitura de Janaúba quanto do estado recebem na agência do Banco do Brasil.
 
Situação hídrica crítica pode paralisar irrigação já em março PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
11 de janeiro de 2016
JANAÚBA (Fernando Lucas) – Da Codevasf a reportagem do JORNAL DA SERRA GERAL ouviu que a irrigação pára em março. Já os irrigantes atestam terem ouvido do DIG que a paralisação, por falta de chuvas, se daria, em um primeiro momento em outubro. Agora já falam em agosto. E a dúvida paira no ar, junto com a  preocupação, que é constante. Com a chegada do final/início de ano, período chuvoso, sem um índice pluviométrico satisfatório, produtores rurais, principalmente os irrigantes de Nova Porteirinha estão apreensivos quanto ao racionamento de água para a irrigação e até mesmo a falta dela num futuro próximo.
 
Alguns destes irrigantes, inclusive, questionam o fato de as autoridades, e eles listam a Codevasf, Copasa, Distrito de Irrigação do Gorutuba (DIG) e prefeituras de Janaúba e Nova Porteirinha, nada fazerem para alertar a população quanto a necessidade de utilizar a água, racionalmente, para preservar o pouco que ainda se encontra na Barragem Bico da Pedra, onde 16 metros separam a atual lâmina de água da represa do transbordamento, fato que ocorreu pela última vez em fevereiro de 2007. E, para piorar a situação, o volume útil da barragem de Janaúba está apenas 2 metros acima do volume morto, nos menores níveis de sua história. Se a represa do Bico da Pedra chegar ao volume morto, a liberação de água para a irrigação nos projetos Gorutuba (margem direita) e Lagoa Grande (margem esquerda) do rio Gorutuba, após a barragem, será suspensa.
 
“Talvez este seja o período mais crítico em se tratando de falta de água para irrigação dos últimos anos”, diz o irrigante Paulo Caldas. Ele é um dos que contestam a falta de ações, tanto do DIG como do setor público visando minimizar esta crise e apontar caminhos para uma possível solução no futuro.
 
Atualmente a liberação de água para irrigação está condicionada a dois dias por semana e, assim mesmo racionada. Os irrigantes argumentam, ainda, a falta de consciência de alguns produtores que teimam em usufruir mais do que está programado. Quem diz isso é outro irrigante, o produtor rural Jerônimo Sartori, que, bastante emocionado e revoltado, disse estar tendo prejuízos enormes com a falta de água para cuidar das suas plantações de banana, que, com isso perdem qualidade e, consequentemente, preços no mercado. “Enquanto outros produtores, até vizinhos meus, atestam estarem irrigando normalmente e produzindo banana de qualidade”.
Segundo os dois, “se o perfil cultural dos produtores da região fosse outro, não teríamos este tipo de problema, pois todos saíriam ganhando”, atestam, sugerindo que alguns, inclusive, poderiam estar tendo privilégios. “O que não queremos acreditar”, dizem os dois, uníssonos.
 
Paulo Caldas, que, inclusive, já fez parte da direção do DIG, assim como Jerônimo Sartori, atesta que, no ano passado foi dito, de forma oficial pela entidade que, caso não houvesse uma recarga positiva de água na barragem, ou seja, se ela não recebesse um grande volume de chuvas, o prazo para manter a distribuição de água ao setor produtivo encerraria em outubro de 2016. Porém, como não ocorreu de a barragem receber esta água de agosto para cá, uma nova data foi determinada para o encerramento da distribuição de água para irrigação: Agosto de 2016.
 
“Porém, agora nos chega a notícia de que esta data foi remarcada para 15 de março próximo, ou seja, a menos de dois meses para uma provável paralisação do setor produtivo da região e consequente queda das receitas e prejuízos para todos os setores da economia local e regional”, atestam os irrigantes, preocupados e desanimados devido à, segundo eles, “omissão das autoridades competentes”.
 
O agravante é que, além da barragem não receber água, a pouca que lá se encontra está em processo de evaporação, “num volume nunca se visto antes”, argumentam os produtores.
O JORNAL DA SERRA GERAL obteve a informação, extra-oficial que uma grande empresa produtora de uvas na cidade estaria se preparando para demitir cerca de 100 funcionários, caso a situação não se reverta.

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 1 - 14 de 702