Deputado Paulo Guedes garante água tratada para o Projeto Jaíba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
21 de junho de 2016
JAÍBA -- O deputado estadual Paulo Guedes esteve, semana passada, no projeto Jaíba e, na companhia de seu correlegionário, Correinha anunciou diversos investimentos para comunidade. Entre estes, o tratamento de água que será, enfim, uma realidade. 
 
Trata-se de um projeto implantado deste 2013, que somente agora com a iniciativa do governo de Minas, por intermédio da solicitação da comunidade, a mesma poderá comemorar a contemplação destes recursos. São milhares de famílias sendo atendidas. A Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais – Sedinor iniciou o projeto "Água para Todos", em parceria com o governo federal. O Ministério da Integração Nacional, autorizou o repasse de recursos federais para a construção de pequenas barragens em municípios do Norte e Nordeste de Minas Gerais, além da implantação de poções artesianos para as comunidades rurais. 
 
A ação está inserida no Termo de Compromisso 062/2013, firmado entre o Sistema Sedinor/Idene e o Ministério da Integração Nacional, que prevê investimentos, beneficiando famílias de 151 municípios.
 
ENFRENTAMENTO SECA -- Ao todo, serão 482 poços  perfurados e equipados por meio do Plano de Urgência para Enfrentamento da Seca, e mais de 70 mil pessoas vivendo com mais dignidade. cinco destes serão instalados em Jaíba.
 
Correinha aproveita, ainda, para agradecer o deputado Paulo Guedes, seu amigo pessoal e grande benfeitor de Jaíba, pelos poços artesianos abertos nas comunidades de Lajeado alto e baixo, Barrinha do Conde, Comunidade Santa Luzia do Gorutuba, Poço da Vovó e, atendendo a pedido da Irmã Suely, será aberto outro no terreno onde funcionará a Apac.
 
Jimmy consegue anular cassação e reassume a prefeitura de Jaíba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
07 de maio de 2016
JAÍBA (por Oliveira Júnior e Luís Cláudio Guedes) – A juíza substituta da Comarca de Manga, Ludmila Linz Grilo, acaba de reformar decisão do então titular da Comarca, Juiz Eliseu Silva Leite Fonseca, de junho de 2014, que negava pedido de Jimmy Diogo Murça, prefeito afastado de Jaíba, para reassumir o cargo, após ter vencido o prazo de 180 dias do seu afastamento.
 
A juíza acatou pedido do Ministério Público da Comarca de Manga em que se denunciou vícios de origens na comissão processante da Câmara de Vereadores de Jaíba que concluiu pela cassação de Jimmy no final de 2013, ainda no seu primeiro ano de mandato.
 
Com isso, Jaíba volta a ter novo prefeito, desta vez Jimmy Murça que teria sido eleito prefeito na última eleição. De lá para cá o município de Jaíba já foi governado por mais três pessoas: O vice-prefeito Enoch Vinícius Campos, que, no mês passado, para sair da prisão, teve que renunciar ao cargo. Jaíba ainda foi administrada pelo vereador Júnior Leonir Guimarães, no final de 2013, quando o prefeito Jimmy e o vice-prefeito Enoch teriam sido afastados das funções e o vereador Farrique Xavier quase assumiu a prefeitura, mas Enoch conseguiu retornar ao cargo a tempo. No entanto, no final do ano passado, com a prisão de Enoch quem assumiu a prefeitura foi o vereador Valdemir Soares.
 
O detalhe é que o prefeito em exercício, vereador Valdemir, e o presidente da Câmara, Farrique, vinham articulando para que um dos dois continuasse a ser prefeito até o final deste ano. Porém, a história mudou. O até então cassado prefeito Jimmy Murça volta a governar o município de Jaíba. Valdemir deverá deixar a prefeitura para reassumir a presidência da Câmara de Jaíba.
E fica a pergunta no ar: Será que até o dia 31 de dezembro deste ano teremos mais mudança de prefeito em Jaíba? (Fonte: site Em Tempo Real)
 
Tremor de terra assusta Jaíba PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
25 de março de 2016
JAÍBA -- Três tremores de terra foram registrados em duas cidades mineiras em um intervalo inferior a 12 horas. Dois dos abalos ocorreram em Sete Lagoas, na manhã desta quinta-feira, dia 24 e um terceiro aconteceu em Jaíba, aqui na região da Serra Geral de Minas, no Norte de Minas.
 
De acordo com o Observatório Sismológico (Obsis) da Universidade de Brasília (UNB), na cidade de Jaíba, a terra tremeu às 22h38 de quarta-feira, dia 23. Lá, o abalo foi de magnitude 2,2 e teve o epicentro no próprio município.
 
Essa foi à segunda vez que Jaíba registrou tremor em menos de uma semana. Na última sexta-feira, dia 19, sismólogos da UNB catalogaram um tremor de intensidade menor, de magnitude 1,7. O caso ocorreu às 03h13.
 
Nenhuma ocorrência grave foi registrada devido ao movimento da terra.
Já em Sete Lagoas, o abalo sísmico, de magnitude 3,2, ocorreu às 5h05. Poucas horas depois, às 9h38, a terra voltou a tremer na cidade. Dessa vez, o tremor foi de magnitude 2,8.
 
O epicentro dos dois tremores aconteceu em Sete Lagoas, mas foi sentido por moradores de cidades próximas como Matozinhos, Pedro Leopoldo e Prudente de Morais.
A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) informou que os abalos sísmicos foram de intensidade fraca e, por isso, nenhuma ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros e pela Polícia Militar dos municípios mineiros.
 
Conforme o órgão, os tremores não provocaram danos e nem deixou feridos em Minas. Especialistas descartaram que o movimento da terra tenha relação com mineração na região.
(Fonte: Hoje em Dia)
 
Câmara Municipal de Jaíba traz Justiça para a cidade PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
01 de fevereiro de 2016
JAÍBA -- O presidente do Legislativo da cidade de Jaíba Farrique Xavier, e o secretário da Mesa Diretora Fernandim,  juntamente com os demais vereadores deste município, estarrecidos com uma grave crise política vivida nos últimos quatro anos, resolveu inovar e investir na implantação de uma Justiça mais efetiva em prol da população local.
 
Graves problemas políticos assolam o município com sérias consequências para seus moradores, com várias prisões de prefeito, ex-prefeito e de muitos agentes políticos, bem como afastamento de servidores pela Justiça, cassação de mandatos e outros tormentos.
 
Neste mês de janeiro, em sessão solene, nas dependências da Câmara Municipal de Jaíba, com a presença do prefeito interino Valdemir Soares, vereadores, e expressiva participação da sociedade, e representantes de vários segmentos da comunidade, foi assinado um termo de entrega, onde a Câmara repassou naquele instante o valor de R$ 275.000,00 (duzentos e setenta e cinco mil reais) que serão destinados, em sua totalidade, para iniciar a construção do Fórum, cuja planta foi oferecida pelo Tribunal de Justiça.
 
O recurso repassado é originado da economia feita pelos vereadores durante o ano de 2015 e foi devolvido à prefeitura com a finalidade específica da construção do Fórum.
 
Inconformados com a carência da Justiça no município, a classe política de Jaíba, envolvendo vereadores, prefeito, e demais lideranças, bateram à porta do presidente do Tribunal de Justiça na capital mineira solicitando gestão no sentido da instalação da Comarca, com a construção do Fórum e uma cadeia pública, sendo que o município já dispõe de área urbana destinada à construção.
 
O representante do Tribunal de Justiça alegou falta de recursos em seu orçamento e aconselhou os políticos desta cidade a angariar fundos para tal destino com o aval do Tribunal. Para o início das edificações já foi conseguido R$ 500 mil reais através de emenda parlamentar e mais outros recursos já em caixa, provenientes de doações da sociedade organizada. Já foi criada, inclusive, uma Comissão Pró-Comarca, formada por cidadãos e cidadãs deste município.
 
Além deste valor já repassado pela Câmara de Vereadores de Jaíba, ficou acertado que outros valores ao longo deste ano de 2016 também serão repassados, chegando ao valor de R$ 500 mil reais.
 
A demanda por Justiça em Jaíba é muito grande, onde a sua Comarca funciona a mais de 70 quilômetros de distância com asfaltamento precário e tendo que atravessar o rio São Francisco em trecho que não possui ponte. Por outro lado, o município apesar de contar com uma população de 37 mil habitantes, conforme dados do IBGE, conta ainda com enorme população flutuante em decorrência do mega Projeto de Irrigação, fazendo com que chegue a uma população de mais de 50 mil habitantes.
 
Em 2014 foram registrados 10 homicídios no município, em 2015 foram contabilizados 32, e em 2016 já conta com quatro. A agência dos Correios encontra-se fechada sem prazo para reabrir por não suportar a grande quantidade de assaltos. Os postos de combustíveis já fizeram inúmeros protestos, inclusive com fechamento temporário.

 
Frente Parlamentar em Defesa do Projeto Jaíba é criada PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
29 de setembro de 2014
 Image
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Resultados 1 - 9 de 96