Catuti contemplado com o plano "Brasil Sem Miséria" PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
19 de janeiro de 2012

 

CATUTI (Elen Valéria de Sá) -- A prefeitura de Catuti, através da sua Secretaria de Assistência Social foi contemplada pela chamada pública do plano "Brasil Sem Miséria", um programa que trabalha a inclusão social no Território Serra Geral. Foram feitos mutirões de documentação na Escola Municipal José Barbosa de Oliveira, situada na comunidade de Malhadinha, no dia 16 de dezembro e na Escola Estadual Joaquim Teixeira de Brito, no distrito de Barreiro Branco, no dia 17 de dezembro.

Nos mutirões foram atendidas pessoas acima de 16 anos, incluídas na agricultura familiar e famílias assistidas pelo Programa Bolsa Família e os remanescentes de quilombolas do distrito de Barreiro Branco.

Foram emitidos documentos como carteira de identidade; CPF (Certificado de Pessoa Física) e Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). Foi realizado também atendimento do INSS para informações e dúvidas, além de retirada de fotografia 3x4 para documentos que foram tiradas e reveladas no local do evento sem nenhum custo ao beneficiado.

Maria Regina Veloso Silva Figueiredo, seguradora do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural ressaltou que desde 2004 foi criado o Programa através das trabalhadoras rurais de diversos movimentos sociais e dentro do Ministério de Desenvolvimento Agrário, ganhando a política pública.

"Pela sensibilidade feminina atendemos aqui em Catuti, os maridos e filhos, priorizando sempre a mulher. Realizamos um excelente trabalho aqui. Minas Gerais tem uma credibilidade muito boa com o MDA (Ministério de Desenvolvimento Agrário). Cerca de 20 pessoas trabalharam nesses dois dias em Catuti, além dos voluntários do município e o imprescindível apoio da Secretaria de Ação Social, representantes de movimentos sociais como associações e cooperativa", salientou a representante do programa.

O programa é do Governo Federal, coordenado pelo MDA em parceria com a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), Ministério do Trabalho e Emprego; Previdência Social e INSS, Caixa Econômica Federal, na Emissão de CPF; Ministério da Justiça - Instituto de Identificação da Polícia Civil de Minas Gerais na Emissão de Carteira de Identidade.

Os trabalhos foram realizados pela equipe do Incra que contou com o apoio e incentivo da prefeitura de Catuti com toda a estrutura física necessária para o bom atendimento, como o ônibus para o deslocamento das pessoas das comunidades até o local, além de funcionários voluntários que contribuíram com os trabalhos que foram realizados com sucesso.

 
< Anterior   Próximo >