UniãoGeral, Exército e Codevasf unem forças para amenizar efeitos da seca na Serra Geral PDF Imprimir E-mail
Escrito por Fernando Lucas   
17 de setembro de 2007
ImageMAMONAS -- Preocupados com a longa estiagem que assola a microrregião da Serra Geral de Minas, o presidente do Consórcio UniãoGeral, prefeito de Mamonas, Ailton Neres de Santana, e o superintendente da Codevasf em Minas Gerais, Anderson Chaves, acompanhados por uma equipe de técnicos da Companhia, estiveram reunidos na última segunda-feira, dia 10, com o comandante do 55º Batalhão de Infantaria, Tenente-Coronel, Cesar Augusto Oliveira Lima, para tratar da situação emergencial de abastecimento de água nos municípios da Serra Geral.
Ciente da grave situação com a falta de água até mesmo para saciar a sede da população rural desta parte do Estado, o comandante Oliveira Lima, de imediato se prontificou a disponibilizar todas as ações para distribuição de água em caráter de emergência, conforme consta das diretrizes de planejamento de ações subsidiadas daquela instituição militar.

O atendimento será através de caminhão-pipa, pelo período de 60 dias, beneficiando, a princípio, os municípios de Mato Verde, Catuti, Gameleiras, Monte Azul, Serranopólis de Minas e Mamonas, que se encontram em situação mais crítica, de acordo com relatórios do Sedese.

O presidente do Consórcio UniãoGeral, Ailton Santana, solicitou do dirigente militar a ampliação desse atendimento para os demais municípios da microrregião.

Anderson Chaves, da Codevasf também disse da sua preocupação com a falta de chuva na região, reafirmando a sua parceria e compromisso com o Exército e demais órgãos públicos, na implantação de ações de revitalização ambiental e abastecimento de água na microrregião da Serra Geral de Minas.

 
< Anterior   Próximo >