O MELHOR JORNAL DA REGIÃO!

ASSINE (38) 3821-3247 E 9113-0163

O MELHOR JORNAL DA REGIÃO! O MELHOR JORNAL DA REGIÃO!

O MELHOR PARA SEU FILHO (A)

(38) 3821-1089 - Janaúba

O MELHOR PARA SEU FILHO (A) O MELHOR PARA SEU FILHO (A)
Começa a II Copa Sindicato Rural de Futebol
13 de fevereiro de 2016
JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – Começa neste fim de semana a II Copa Sindicato Rural de Janaúba de Futebol de Campo com a participação de 27 times, sendo 15 da área urbana e 12 da zona rural. As equipes representarão os bairros, os distritos e os povoados. A final será entre um time da cidade e outro de comunidade rural, no dia 8 de maio. Os jogos serão na arena de esporte do parque de exposições Waldir Nunes da Silva nas tardes de sábado e domingo e princípio da noite de quarta-feira. A entrada é gratuita.
 
Neste sábado, dia 13 de fevereiro, terão duas partidas, ambas pela chave B urbana, sendo Padre Eustáquio x Cerâmica, às 16h, e Rio Novo x Pedra Preta, às 18h. E neste domingo, dia 14, mais dois jogos, Caraíbas x Arizona, às 15h, e Barcelona x Novo Horizonte, às 17h, pela chave A rural.
De acordo com Neurisvaldo Teixeira dos Santos, secretário executivo do Sindicato Rural de Janaúba, a Copa Sindicato Rural de Futebol de Campo objetiva aumentar a participação e o intercâmbio esportivo entre os produtores e trabalhadores rurais, seus familiares e amigos com a comunidade. “Com essa ação o Sindicato Rural proporciona o lazer para os janaubenses, goutubanos e visitantes e contribuir no fortalecimento da integração do homem do campo com a cidade”, frisou Neurisvaldo Teixeira.
 
A exemplo do que foi a I Copa, em 2015, a segunda edição da competição contará com importantes parcerias de instituições, entidades e do comércio imbuídos no propósito de incentivar a prática esportiva e valorizar o princípio da cidadania. Numa realização do Sindicato Rural, a II Copa que ainda tem a organização por parte da Harma Painés e Publicidade e de Bhidê Empreendimentos esportivos, e o apoio da imprensa, inclusive com a transmissão de uma partida aos domingos pela equipe de esportes da rádio Gorutubana AM.
 
Além da premiação habitual, ou seja, troféu e medalhas, a organização da II Copa Sindicato Rural de Janaúba de Futebol de Campo gratificará os três times melhores colocados com o prêmio de R$ 3 mil, sendo R$ 1,5 mil para o time campeão, R$ 1 mil para o vice-campeão e R$ 500,00 para a equipe que ficar em terceiro lugar. Também haverá troféu para o artilheiro e o goleiro menos vazado da competição.
 
TIMES FASE ZONA RURAL
Na fase da zona rural são três chaves com quatro times em cada, totalizando 12 equipes que jogarão entre si no grupo e classificando o primeiro colocado de cada chave e mais o segundo melhor colocado por índice técnico, perfazendo quatro times aptos para a seguinte fase.
Na chave A estão os times Caraíbas, Barcelona (o distrito de Vila Nova dos Poções), Novo Horizonte (do distrito de Quem Quem) e Arizona (da comunidade de Boi Velhaco).
Na chave B estão os times Cruzeirinho (do Quem Quem), Jacarezinho, Bragantino (da Lagoa Grande) e Barroquinha.
 
Na chave C estão os times Barreiro de Dentro, Tira Fogo, Angico e Nacional (Reassentamento)
A 1ª rodada da fase da zona rural será nos três próximos domingos, sendo que neste domingo, dia 14 de fevereiro, jogarão Caraíbas x Arizona, às 15h, e Barcelona x Novo Horizonte, às 17h, pela chave A; no próximo domingo, dia 21 de fevereiro, Cruzeiro x Barroquinha, às 15h, e Jacarezinho x Bragantino, às 17h, pela chave B; e no dia 28 de fevereiro, Barreiro de Dentro x Nacional, às 15h, e Tira Fogo x Angico, ás 17h, pela chave C.
 
TIMES FASE ZONA URBANA
Na fase da zona rural são quatro chaves, quatro com quatro times em cada e uma chave com três, totalizando 15 equipes que jogarão entre si no grupo e classificando os dois melhores colocados. As partidas dessa fase ocorrerão aos sábados e quartas-feiras.
Na chave A estão os times bairros Saudade, Gameleira e Santo Antônio. São três times nessa chave.
Na chave B, os times bairros Cerâmica, Rio Novo, Pedra Preta e Padre Eustáquio.
Na chave C se encontram os times bairros Veredas, São Lucas, Ribeirão do Ouro e Algodões.
Na chave D estão os times bairros Cohab, Dente Grande, Nova Esperança e
Vila São Vicente.
 
A II Copa Sindicato Rural de Janaúba de Futebol de Campo, fase zona urbana, começa neste sábado, dia 13 de fevereiro, com duas partidas, ambas pela chave B, sendo Padre Eustáquio x Cerâmica, às 16h, e Rio Novo x Pedra Preta, às 18h, na arena de esporte do parque de exposições. (Fonte: Assessoria de Imprensa e Marketing do Sindicato Rural de Janaúba)
 
Câmara Municipal de Jaíba traz Justiça para a cidade
01 de fevereiro de 2016
JAÍBA -- O presidente do Legislativo da cidade de Jaíba Farrique Xavier, e o secretário da Mesa Diretora Fernandim,  juntamente com os demais vereadores deste município, estarrecidos com uma grave crise política vivida nos últimos quatro anos, resolveu inovar e investir na implantação de uma Justiça mais efetiva em prol da população local.
 
Graves problemas políticos assolam o município com sérias consequências para seus moradores, com várias prisões de prefeito, ex-prefeito e de muitos agentes políticos, bem como afastamento de servidores pela Justiça, cassação de mandatos e outros tormentos.
 
Neste mês de janeiro, em sessão solene, nas dependências da Câmara Municipal de Jaíba, com a presença do prefeito interino Valdemir Soares, vereadores, e expressiva participação da sociedade, e representantes de vários segmentos da comunidade, foi assinado um termo de entrega, onde a Câmara repassou naquele instante o valor de R$ 275.000,00 (duzentos e setenta e cinco mil reais) que serão destinados, em sua totalidade, para iniciar a construção do Fórum, cuja planta foi oferecida pelo Tribunal de Justiça.
 
O recurso repassado é originado da economia feita pelos vereadores durante o ano de 2015 e foi devolvido à prefeitura com a finalidade específica da construção do Fórum.
 
Inconformados com a carência da Justiça no município, a classe política de Jaíba, envolvendo vereadores, prefeito, e demais lideranças, bateram à porta do presidente do Tribunal de Justiça na capital mineira solicitando gestão no sentido da instalação da Comarca, com a construção do Fórum e uma cadeia pública, sendo que o município já dispõe de área urbana destinada à construção.
 
O representante do Tribunal de Justiça alegou falta de recursos em seu orçamento e aconselhou os políticos desta cidade a angariar fundos para tal destino com o aval do Tribunal. Para o início das edificações já foi conseguido R$ 500 mil reais através de emenda parlamentar e mais outros recursos já em caixa, provenientes de doações da sociedade organizada. Já foi criada, inclusive, uma Comissão Pró-Comarca, formada por cidadãos e cidadãs deste município.
 
Além deste valor já repassado pela Câmara de Vereadores de Jaíba, ficou acertado que outros valores ao longo deste ano de 2016 também serão repassados, chegando ao valor de R$ 500 mil reais.
 
A demanda por Justiça em Jaíba é muito grande, onde a sua Comarca funciona a mais de 70 quilômetros de distância com asfaltamento precário e tendo que atravessar o rio São Francisco em trecho que não possui ponte. Por outro lado, o município apesar de contar com uma população de 37 mil habitantes, conforme dados do IBGE, conta ainda com enorme população flutuante em decorrência do mega Projeto de Irrigação, fazendo com que chegue a uma população de mais de 50 mil habitantes.
 
Em 2014 foram registrados 10 homicídios no município, em 2015 foram contabilizados 32, e em 2016 já conta com quatro. A agência dos Correios encontra-se fechada sem prazo para reabrir por não suportar a grande quantidade de assaltos. Os postos de combustíveis já fizeram inúmeros protestos, inclusive com fechamento temporário.

 
Há 20 dias o medo era faltar água. Agora, a expectativa é da barragem sangrar
01 de fevereiro de 2016
JANAÚBA (Fernando Lucas) -- Há cerca de 20 dias, o JORNAL DA SERRA GERAL estampava em sua capa, a preocupação da população e, principalmente dos irrigantes de Janaúba e Nova Porteirinha com a falta de água na barragem e a consequente paralisação da irrigação. Fato este que poderia acarretar em sérios danos à economia local e regional. Porém, tão logo a matéria foi divulgada, as chuvas começaram a cair na cidade e região, fazendo com que a barragem Bico da Pedra se recuperasse em pelo menos 5 metros o que, por enquanto, descarta qualquer possibilidade de parar a irrigação e as atividades agrícolas.
 
A preocupação se justificava devido à queda do nível da barragem no ano passado que acumulou perda de mais de 5 metros, deixando-a próxima de voltar ao volume morto.
 
Neste mês de janeiro, a chuva tem caído na cidade e em diversas outras da região,  praticamente todos os dias, inclusive na cabeçeira do Rio Goutuba, fazendo com que a água chegue na barragem. A elevação do nível ali tem sido de 50 a 60 centímetros por dia/noite, deixando todos aliviados.
 
Claro que não podemos nos acomodar, mas o cenário mudou e tem tudo para mudar ainda mais, pois existem previsões de chuvas até o final de março e início de abril.
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>