ArtBanners1



O MELHOR JORNAL DA REGIÃO!

ASSINE (38) 3821-3247 E 9113-0163

O MELHOR JORNAL DA REGIÃO! O MELHOR JORNAL DA REGIÃO!

O MELHOR PARA SEU FILHO (A)

(38) 3821-1089 - Janaúba

O MELHOR PARA SEU FILHO (A) O MELHOR PARA SEU FILHO (A)
Iniciado prazo de inscrições para concurso público em Nova Porteirinha
05 de janeiro de 2016
NOVA PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – Começou nesta segunda-feira, dia 4 de janeiro, e vai até o dia 04 de fevereiro, o prazo de inscrições ao concurso público da prefeitura de Nova Porteirinha. A Comissão Técnica de Concurso (Cotec) da Unimontes divulgou no mês de novembro passado o edital de mais um concurso unificado de prefeituras do Norte de Minas. Dentre essas prefeituras está a de Nova Porteirinha que terá concurso juntamente com outras 12 prefeituras.
 
De acordo com a Cotec da Unimontes, esse concurso da prefeitura de Nova Porteirinha tem opção de escolha para 40 cargos. Porém, segundo constatação do JORNAL DA SERRA GERAL, não se tem informação do número de vagas para cada cargo, exceto para médico com três oportunidades de emprego.
 
Os candidatos que se inscreverem e, porventura, forem aprovados no concurso da prefeitura de Nova Porteirinha, ficarão no cadastro de reserva sem definição de data para possível nomeação. Isso, pelo menos, consta no edital do concurso.
Isso porque, conforme consta no edital desse concurso, é aguardada a decisão judicial com relação ao último concurso. Quer dizer, o concurso realizado em 2012 ainda está valendo e depende de posicionamento da Justiça se quem foi aprovado poderá ou não tomar posse.
 
As inscrições para esse concurso da prefeitura de Nova Porteirinha será de 04 de janeiro a 04 de fevereiro, sendo que a prova unificada com mais 12 prefeituras está prevista para o dia 6 de março.
 
PM prende acusado de estuprar professora
02 de dezembro de 2015
NOVA PORTEIRINHA (por Oliveira Júnior) – O cotidiano de uma mulher em transferir os seus conhecimentos para a formação educacional de crianças e jovens foi interrompido de maneira cruel por um homem que atacou a professora quando esta retornava da escola para casa. Essa violência sexual ocorreu no final da tarde de ontem, terça-feira, 1º de dezembro, no município de Nova Porteirinha. O estuprador foi preso pela Polícia Militar.
 
Após mais um dia de serviço em ensinar as crianças do distrito de Vila Nova dos Poções, município de Janaúba, e de outras comunidades, inclusive de Nova Porteirinha, a professora pegou a motocicleta e voltava para casa, numa comunidade em Nova Porteirinha.
 
Porém, nas imediações da comunidade de Paraguaçu, município de Nova Porteirinha, a educadora teve o seu percurso interceptado por um homem – segundo a polícia, tem residência no distrito de Vila Nova dos Poções – que numa atitude agressiva imobilizou a mulher, sendo esta arrastada para o mato onde consumiu a violência física e sexual.
 
O tarado estuprou a professora e depois fugiu. Ferida e em estado de choque diante do ato violento, a educadora ficou em prantos na estrada. Ela conseguiu ajuda de outras pessoas que providenciaram o encaminhamento da profissional da educação ao pronto socorro do Hospital Regional de Janaúba onde foi submetida a exames que, segundo a polícia, indicaram vestígios de violência sexual.
 
Tão logo o fato chegou ao conhecimento do 51º Batalhão da Polícia Militar de Janaúba houve a intensificação dos trabalhos de apoio à unidade da PM de Nova Porteirinha em identificar e localizar o autor dessa violência sexual. Em pouco tempo, os militares prenderam o homem acusado desse estupro.
 
Revoltados, moradores das comunidades e amigos da professora foram à casa do suspeito do estupro com a pretensão de danificar os móveis e o imóvel, porém foram contidos pela polícia. O acusado da violência sexual contra a professora foi preso pelos militares e levado para o quartel da Polícia Militar de Nova Porteirinha onde foi efetuado o boletim de ocorrência, enquanto dezenas de pessoas aglomeraram ao redor da unidade policial e clamavam por justiça. O acusado foi levado para o presídio de Janaúba
 
Mato Verde e Catuti adotam rodízio para garantir abastecimento de água
12 de outubro de 2015
CATUTI -- Minas Gerais está sofrendo com a combinação de falta de chuva, calor e o aumento no consumo de água. Nesta semana, pelo menos mais quatro municípios atendidos pela Copasa adotaram sistema de rodízio no abastecimento. Segundo a Companhia, Mato Verde e Catuti, na região da Serra Geral de Minas, são duas delas e estão sendo abastecidas com restrições.
 
Em alguns bairros de Mato Verde e no distrito de São João do Bonito os registros serão fechados durante a maior parte do dia. Já em Catuti, a região que dá saída para a cidade de Mato Verde também ficará sem água.
 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>

Banners