O MELHOR JORNAL DA REGIÃO!

ASSINE (38) 3821-3247 E 9113-0163

O MELHOR JORNAL DA REGIÃO! O MELHOR JORNAL DA REGIÃO!

O MELHOR PARA SEU FILHO (A)

(38) 3821-1089 - Janaúba

O MELHOR PARA SEU FILHO (A) O MELHOR PARA SEU FILHO (A)
Loteamento
joaquimbispo.jpg
Vereadores votam projeto de dotação orçamentária e servidores recebem seus salários
24 de agosto de 2014
VERDELÂNDIA (Fernando Lucas) -- Após impasse que gerou, até mesmo, confusão durante uma reunião, no mês passado, e que foi noticiado e acompanhado pelo JORNAL DA SERRA GERAL, com a costumeira exclusividade, a Câmara de vereadores de Verdelândia enfim votou o projeto do Executivo, proporcionando dotação orçamentária aos cofres públicos municipais, na noite desta quinta-feira, dia 21. Assim sendo, os servidores públicos daquele município que estavam sem receber salários há pelo menos três meses, poderão, ter seu proventos depositados nas contas.
A votação só ocorreu, no entanto, depois de uma determinação judicial, tendo os vereadores aprovado o projeto  por unanimidade.
 
Zé Aparecido é reeleito na presidência da Aspronorte
24 de agosto de 2014

Leia mais...JANAÚBA (por Oliveira Júnior) – O líder rural José Aparecido Mendes Santos foi reeleito por unanimidade na presidência da Associação dos Sindicatos dos Produtores Rurais do Norte de Minas e do Jequitinhonha (Aspronorte) para o triênio 2014/2017 durante assembleia da entidade realizada na cidade de Jequitinhonha, no dia 8 de agosto, ocasião em que prestou o relatório de atividades desempenhadas pela Aspronorte na gestão de 2011 a 2014.

Convidado pelos colegas da associação a continuar na liderança da entidade, José Aparecido Mendes, que é presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba, se dispôs a representar a Aspronorte para mais um mandato que foi confirmado por aclamação. A Aspronorte agrega 40 sindicatos rurais, sendo 20 no Norte de Minas e 20 no Jequitinhonha, representando 33.820 produtores rurais. “Estamos unidos com a finalidade em fortalecer a classe produtora rural na busca de alternativas e reivindicações para melhores condições na realização das atividades rurais”, citou Zé Aparecido.

NOVA DIRETORIA DA ASPRONORTE: Presidente: José Aparecido Mendes Santos, de Janaúba; Vice-Presidente: Eduardo Araújo Filho, de Pedra Azul; Diretor 1º Secretário: José Otoni Alves Campos, de Araçuaí; Diretor 2º Secretário: Ricardo Quadros Laughton, de Montes Claros; Diretor 1º Tesoureiro: Mário Caldeira Brant, de Bocaiúva; Diretor 2º Tesoureiro: Hérua José Amin Lauar, de Itinga;

CONSELHO FISCAL: Membro Efetivo: Pedro Veloso Neto, de Ubaí; Membro Efetivo: Antônio Jeferson Soares Gonçalves, de Jacinto; Membro Efetivo: Genilson Moreira, de Rubim; Suplente: Geraldo Afonso Ladeia, de Salinas; Suplente: Santos Tinum dos Santos, de Jequitinhonha; Suplente: Jésus Maria Ribeiro, de Jaíba.

Leia mais...
 
População de Mato Verde pede por mais segurança
29 de junho de 2014

MATO VERDE – Cidadãos e autoridades de Mato Verde, aqui na região da Serra Geral de Minas, reivindicaram mais segurança para a cidade e região, que vêm sofrendo com o aumento da violência e da criminalidade. Entre as reivindicações feitas à Comissão de Assuntos Municipais e Regionalização da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), que foi ao município discutir o assunto nessa quarta-feira, dia 25 de junho, estão o aumento do número de policiais e a instalação de uma casa de recuperação para menores infratores na região.

O advogado Jorge Luiz Almeida relatou que Mato Verde tem sido alvo de crimes, assaltos a mão armada, além do aumento do tráfico de drogas. Para ele, as polícias da cidade e da região necessitam de um reforço, não apenas do número de efetivos, como também de equipamentos. Ele também reivindicou que a comarca em Mato Verde, criada há mais de dez anos, seja efetivamente implantada. Na sua avaliação, isso contribuiria para a melhora da segurança na cidade, que passaria a contar com um juiz, um promotor, presídio, e, automaticamente, um maior número de policias militares e civis.

Para o representante da Loja Maçônica Luz, Paz e União de Mato Verde, Arlindo Lopes de Oliveira Júnior, o aumento da violência no município é fruto da migração do crime dos grandes centros para as cidades menores, já que, segundo ele, grande parte das ocorrências registradas em Mato Verde são realizadas por pessoas de outras localidades. Como sugestão para minimizar o problema, Arlindo Lopes disse que a região necessita de um serviço de inteligência e investigação da polícia, bem como uma casa de recuperação para menores. “Se não cuidarmos dos jovens ele serão os bandidos de amanhã”.

O padre Joaquim Aparecido Silva contou que duas igrejas de Mato Verde também foram alvos da violência, o que assustou os moradores do município. Segundo ele, em um intervalo de cerca de dois meses, uma das igrejas foi arrombada por duas vezes e teve seu patrimônio violado. Além do vandalismo, os assaltantes também arrombaram o cofre de doações das igrejas. Na avaliação do padre, pelo tamanho da cidade, o número de ocorrências são altas e uma atitude para combatê-las precisa ser tomada.

Segundo o prefeito de Mato Verde, Generino de Sales Pinto, a principal queixa da população do município com relação ao trabalho realizado pela polícia seria com relação ao seu foco de atuação. De acordo com o prefeito, os cidadãos reclamam que os policiais se preocupam mais com infrações e irregularidades de trânsito do que com a questão da segurança da cidade.

Para o vice-diretor da Escola Estadual Ione Silveira Mendes, Wagner Antunes de Souza, a diminuição da violência não virá apenas dos investimentos na área da segurança pública, mas também em projetos educacionais voltados para as crianças.

 
<< Início < Anterior | 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 | Seguinte > Final >>