Humberto Souto e ministro falam sobre o asfaltamento de Manga a Montalvānia
Escrito por Fernando Lucas   
18 de dezembro de 2009

MANGA -- O deputado federal Humberto Souto (PPS-MG), em nova audiência no Ministério dos Transportes, na última quarta-feira, dia 9, obteve informações definitivas do ministro Alfredo Nascimento sobre o asfaltamento de Manga a Montalvânia, trecho de 65 quilômetros da BR -135. O ministro disse ao deputado norte-mineiro que a obra vai exigir nova licitação, uma vez que seu projeto-executivo, recém concluído, estima custo de R$ 80 milhões, acima dos R$ 50 milhões do contrato anterior, que poderia chegar ao máximo R$ 62,5 milhões, com aditivos.

A noticia acaba com a expectativa de inicio imediato do asfaltamento de Manga a Montalvânia, o que, considerados os prazos normais para o fechamento de processo licitatório para contratação de construtoras, deverá acontecer até a segunda metade do próximo semestre. Por outro lado, destaca o deputado Humberto Souto, a medida mostra acerto, ao não permitir que obra tão importante seja iniciada sustentada em contrato que não daria para garantir sua conclusão. Com a nova concorrência (licitação), haverá amparo legal para tocar o asfaltamento de Manga a Montalvânia do inicio ao fim, sem interrupção ou abandono por falta de recursos.

Participaram da audiência com o ministro Alfredo Nascimento, além do deputado Humberto Souto, o prefeito de Manga, Joaquim (Quinquinha) de Oliveira Sá Filho, e o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luis Antônio Pagot.