No ano que vem Jazida de minÚrio de ferro e de ouro podem comešar a ser explorada no Norte de Minas
Escrito por Fernando Lucas   
10 de agosto de 2011

 

RIACHO DOS MACHADOS -- A Mineração Riacho dos Machados (MRDM), subsidiária da canadense Carpathian Gold Inc., já protocolou pedido de licença de instalação (LI) na Superintendência Regional de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Supram) do Norte de Minas. O desfecho positivo do licenciamento permitirá à mineradora explorar reservas de ouro e minério de ferro em uma área de aproximadamente 600 hectares, em Riacho dos Machados, na região da Serra Geral de Minas.O projeto está orçado em cerca de US$ 150 milhões.

A licença prévia do empreendimento (LP) foi concedida no final de 2010 e deveria ter saído ainda no começo deste ano, conforme já havia previsto a empresa. Mas o atraso ocorreu em função de adaptações exigidas para o projeto pela Supram Norte de Minas. Ao todo foram 23 condicionamentos exigidos pelo órgão responsável pelo licenciamento ambiental, além da elaboração de um Plano de Controle Ambiental (PCA), já entregue à Supram, segundo a mineradora.

A jazida lavrável do insumo siderúrgico chegou a ser estimada em 15 milhões de toneladas, mas a empresa já confirmou que a reserva alcança 18 milhões de toneladas de minério de ferro.

Após a concessão da LI, o prazo de instalação do empreendimento é de 15 meses e o início das operações estava previsto, inicialmente, para o primeiro trimestre de 2012, data que pode sofrer atraso em função da demora do pedido oficial da licença.