PREFEITO DE ESPINOSA CASSADO
Escrito por Fernando Lucas   
14 de janeiro de 2013

ESPINOSA (por Oliveira Júnior) – O prefeito de Espinosa, Lúcio Balieiro Gomes (DEM), teve o mandato cassado nesta segunda-feira, dia 14 de janeiro, em decisão da Justiça Eleitoral deste município com base em denúncia de compra de votos durante a campanha eleitoral do ano passado. A Juíza Gicélia Milena Santos, titular da 109ª Zona Eleitoral de Espinosa, proferiu a decisão acompanhando o parecer do Ministério Público Eleitoral.

Na decisão, a Juíza Gicélia Santos cassa a diplomação do prefeito Lúcio Baileiro e do vice-prefeito Roberto Rodrigues Muniz. Além disso, a justiça impugna os direitos políticos de Lúcio Balieiro, que já foi prefeito deste município, pelo período de 8 (oito) anos e ainda multa de 25 mil UFIRs, correspondente a algo em torno de R$ 25 mil. Cabe recurso à decisão da Justiça Eleitoral deste município.

NOVA ELEIÇÃO -- Diante do fato de que a chapa Lúcio Balieiro/Roberto Rodrigues obteve mais de 50% dos votos, a Justiça Eleitoral anuncia a realização de nova eleição no município de Espinosa. A data dessa possível nova eleição será definida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Enquanto isso, o presidente da Câmara Municipal assumirá o comando da prefeitura.

TODOS OS DETALHES NA EDIÇÃO IMPRESSA DO JORNAL DA SERRA GERAL NO FINAL DE SEMANA